GNA Empower Assembly Members for active citizen participation Inforpress Proparco apresenta fundo de financiamento do sector privado aos empresários cabo-verdianos Inforpress Presidente do COC nomeada membro individual do Comité Olímpico Internacional APS ME SIDIKI KABA ANNONCE LA CRÉATION D’UNE ÉCOLE DE LA MARINE NATIONALE APS VIOLENCES FAITES AUX FEMMES : LE RÉSEAU SIGGIL JIGEEN INTERPELLE L’ETAT ANP Niger: Les députés modifient la charte des partis politiques ACI REMEDE CONTRE LES ENVENIMATIONS, UN PLAIDOYER DU LABORATOIRE DE L’HERPETOLOGIE APS BERNE A « UN INTÉRÊT MARQUÉ À RENFORCER » SES ÉCHANGES AVEC L’AFRIQUE (SECRÉTAIRE D’ETAT) ACI LES OPERATEURS ECONOMIQUES SENSIBILISES SUR L’IMPORTANCE DE LA NOTION DE QUALITE APS LA CENTRALE ÉOLIENNE DE TAÏBA NDIAYE VA CONTRIBUER À L’ÉMERGENCE ÉCONOMIQUE (DIPLOMATE)

São Vicente: Câmara trabalha plano estratégico de prevenção e gestão dos resíduos sólidos com o Governo


Cidade da Praia, 23 Abr (Inforpress) – O presidente da câmara de São Vicente disse hoje, no Mindelo, que a autarquia encontra-se a trabalhar com o Governo num plano estratégico nacional de prevenção e gestão dos resíduos sólidos.
Para além desse programa, a câmara, segundo Augusto Neves, hoje em conferência de imprensa, no Mindelo, trabalha ainda em planos operacionais em São Vicente, que consistem na implementação do sistema de recolha, transporte e valorização dos resíduos sólidos, já em curso.
Os referidos planos operacionais contemplam ainda, segundo a mesma fonte, o desenvolvimento de infra-estruturas de tratamento e destino final dos resíduos, cujos trabalhos “já vêm de longa data”, pois a câmara tem um Plano Director Municipal que muda a actual lixeira para um outro espaço, e que passará a um aterro sanitário.
Uma terceira vertente desses planos é o encerramento da actual lixeira e a requalificação ambiental.
Mesmo assim, avançou que neste momento a lixeira “está organizada”, com duas máquinas caterpillers a trabalhar diariamente, mas que, sobre a vedação da actual lixeira, a câmara “não vai fazer nenhum trabalho” nesse sentido porque a mesma vai ser desactivada.
“Temos o Plano Director Municipal aprovado, mas que não foi homologado,  e que está a ser melhorado, devido ao projecto da Zona Economia Especial de Economia Marítima, mais abrangente, e que deve integrar o plano, e com a lixeira já num outro local, transformado em aterro sanitário”, precisou Augusto Neves.
Sobre a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), da Ribeira de Vinha, o presidente da câmara de São Vicente informou que, através de um financiamento do Fundo do Ambiente, encontram-se em curso obras que consistem na limpeza das lagoas e instalação de equipamentos de controlo de qualidade das águas residuais, levantamento do muro em alvenaria de pedra basáltica, melhorando assim a vedação da ETAR, e a reparação dos rebordos de taludes  e reabilitação das passadeiras em betão, entre outros.
AA

Dans la même catégorie