GNA Empower Assembly Members for active citizen participation Inforpress Proparco apresenta fundo de financiamento do sector privado aos empresários cabo-verdianos Inforpress Presidente do COC nomeada membro individual do Comité Olímpico Internacional APS ME SIDIKI KABA ANNONCE LA CRÉATION D’UNE ÉCOLE DE LA MARINE NATIONALE APS VIOLENCES FAITES AUX FEMMES : LE RÉSEAU SIGGIL JIGEEN INTERPELLE L’ETAT ANP Niger: Les députés modifient la charte des partis politiques ACI REMEDE CONTRE LES ENVENIMATIONS, UN PLAIDOYER DU LABORATOIRE DE L’HERPETOLOGIE APS BERNE A « UN INTÉRÊT MARQUÉ À RENFORCER » SES ÉCHANGES AVEC L’AFRIQUE (SECRÉTAIRE D’ETAT) ACI LES OPERATEURS ECONOMIQUES SENSIBILISES SUR L’IMPORTANCE DE LA NOTION DE QUALITE APS LA CENTRALE ÉOLIENNE DE TAÏBA NDIAYE VA CONTRIBUER À L’ÉMERGENCE ÉCONOMIQUE (DIPLOMATE)

São Vicente: CCP-PM anuncia espectáculos de dança para ajudar vítimas do ciclone em Moçambique


  2 Avril      57        Evénements (2667),

   

Praia , 02 Abr (Inforpress) – O Centro Cultural do Mindelo – Polo do Mindelo (CCP-PM) realiza no próximo fim-de-semana, em São Vicente, dois espectáculos de dança cuja receita reverterá a favor das vítimas do último ciclone, em Moçambique.

Segundo o responsável do Polo do Mindelo do CCP, João Branco, trata-se de uma iniciativa que marca ainda o início do mês de Abril, tido como “o mês da dança”.

Os dois espectáculos de dança contemporânea de Cabo Verde, em solidariedade para com as vítimas da tragédia de Moçambique, terão como palco a Academia Livre de Artes Integradas do Mindelo (ALAIM).

Assim, no sábado, 06, será apresentada a peça “Kode di Dona”, com a companhia Raiz di Polon, às 21:00, um solo de Manu Preto, em homenagem a “um dos vultos maiores” das artes cabo-verdianas dos séculos XX e XXI.

No domingo, 07, será a vez de Djamilsin Barreto apresentar a peça “Cisne Preto”, que dá continuidade ao trabalho de pesquisa e investigação sobre a estória da dança em Cabo Verde.

O bailarino e intérprete Djamilo Barreto, na sua investigação, lê-se numa nota do CCP-PM, desenvolveu um solo com uma linguagem técnica, especificamente para a dança contemporânea, sobre movimento, som, imagem e expressão corporal, onde “a consciência é mediador do corpo, desafiando todos os limites, sentindo e dançando com o cisne”, no interior do seu corpo no ciclo da vida.

Dans la même catégorie