MAP L’Afrique nouveau tremplin de croissance pour Lesieur Cristal APS COTON : UN PRODUCTEUR SOULIGNE L’IMPORTANCE DES TECHNIQUES CULTURALES AIP Des femmes d’Oumé appelées à s’impliquer dans le développement du département AIP Vers la mise en place d’un cadre réglementaire de la finance islamique dans l’UMOA AIP La Poste de Côte d’Ivoire va offrir un service d’accès à l’internet sans fil à travers le pays AIP Législative 2021 : un jeune communicateur à la conquête du siège d’Agboville commune GNA COVID-19 Trust Fund accumulates GHC57 million – Chief of Staff GNA Hohoe MCE inspects construction works on ongoing projects GNA GIDA engages communities on Pwalugu Multi-Purpose Project GNA Five MMDAs launch COVID-19 Recovery Plans

São Vicente: Clubes de futebol consideram que há falta de condições para retoma das actividades


  10 Décembre      11        Sport (4959),

   

Mindelo, 10 Dez (Inforpress) – Os clubes federados de futebol em São Vicente acreditam que não estão reunidas as condições para a retoma das actividades devido à “situação financeira precária” por que passam e que não permite aplicar as medidas exigidas.
Num comunicado, a que a Inforpress teve acesso, os clubes afirmaram que estiveram reunidos na terça-feira, 08, com a Associação Regional de Futebol de São Vicente (ARFSV), na sede do Amarante, para apresentação da sua posição sobre a retoma das actividades desportivas.
“A posição dos clubes, após uma reflexão séria, responsável e fundamentada, é que não estão reunidas as condições mínimas, do ponto de vista sanitário, infra-estruturas e financeiro dos clubes, para a retoma imediata das actividades desportivas”, argumentam, adiantando que entendem a decisão política da retoma, até porque “já é perceptível a ansiedade no seio dos atletas e da sociedade”.
Contudo, as equipas que subscreveram o comunicado, asseguram que “não aceitam participar a qualquer custo, querem ser parte da solução e estão em situação financeira precária ou mesmo em falência, não estando, portanto, em condições de arcar com responsabilidades financeiras decorrentes da aplicação das medidas de prevenção ao covid-19 para efeito de retoma das actividades desportivas”.
Neste sentido, as mesmas propõem a definição, conjuntamente com as entidades competentes, de um plano com as “condições críticas a nível sanitário, infra-estruturas e financeiro, com definição do calendário de execução, orçamentos e responsabilidade financeira”.
Algo que, confirmam, poderá ser discutido na Assembleia Geral Ordinária da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) agendada para o próximo dia 19 e cuja ordem de trabalho tem como tema central a “retoma das actividades desportivas”.
A decisão é subscrita por clubes como Amarante, Mindelense, Académica, Farense, São Pedro, Uni Mindelo, Falcões do Norte, Ponta d’Pom, Corintians, Derby, Calhau e Castilho.

Dans la même catégorie