GNA NPP delayed Bolga-Bawku-Pulimakom road construction GNA Ghana to host 2021 West Africa Conference on CelebrateLAB GNA Aburihene confers ‘maawerehene’ title on President Akufo-Addo GNA Dr Kingsley Nyarko donates street lights to Kwadaso Municipal Assembly AGP Tournoi UFOA U20 : La Guinée domine la Mauritanie (1-0). AGP Nzérékoré/Insécurité : Cinq bandits présentés aux autorités préfectorales AGP Nzérékoré/Covid-19 : 21 enseignants formés en technique de communication et d’engagement communautaire AGP Guinée/Santé : La prévalence nationale des MGF est de 95% selon l’enquête démographique de Santé Publique de 2018 AGP Guinée/Covid19 : ‘’Des Covid-héros’’ récompensés  par l’Agence More & More APS GESTION DES DÉCHETS : UNE CAMPAGNE POUR UN CHANGEMENT DE COMPORTEMENT LANCÉ À TIVAOUANE

São Vicente: Ministra prevê final das obras de reabilitação de Baía das Gatas para Janeiro de 2021


  19 Novembre      4        Société (25115),

   

Mindelo, 19 Nov (Inforpress) – A ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, disse que o Governo está a “fazer tudo” para ter as obras de reabilitação de Baía das Gatas prontas em Janeiro de 2021.

As obras de Baía das Gatas, que se enquadram no Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), estão a avançar e já está resolvido o problema de drenagem das águas pluviais, que invadiam todo o areal, conforme Eunice Silva, avançou a ministra no seguimento de uma visita esta quarta-feira ao local.

Neste momento, segundo a mesma fonte, os trabalhos estão na orla propriamente dita com obras na área de campismo, estacionamento de carro, de lazer e balnear.

“Vamos aguardar as obras do Terminal de Cruzeiros, que começa em Janeiro e vamos dragar areia para Baía das Gatas”, informou a governante, adiantando que a estância balnear vai ficar um “lugar muito bonito” e o que o Governo está a “fazer de tudo” e a dialogar com o empreiteiro para ter a sua finalização em Janeiro de 2021.

Questionada sobre a anterior finalização antes comunicada para Dezembro deste ano, Eunice Silva assegurou que o tempo das obras é de “referência” e “não definitivo e dependem das circunstâncias vividas”.

“Em termos de disponibilidade de tempo, em termos de coisas que acontecem como a caso da pandemia, como o caso dos recursos, como caso de força maior que pode acontecer e da própria capacidade da empresa em responder”, considerou a mesma fonte, acrescentando haver neste momento, em São Vicente, falta de mão-de-obra especializada no sector de construção.

A ministra visitou ainda, no Mindelo, o projecto “Outros Bairros” em Alto Bomba, Monte Sossego, enquadrado também no PRRA e que tem, segundo a mesma fonte, como uma das vertentes “mais importante” o facto de envolver as comunidades, “que decidem o que deve ser feito”.

“Podemos dizer que o projecto tem uma forte componente social, económica e cultural”, sublinhou Eunice Silva, adiantando que, além de Alto Bomba, o projecto está a trabalhar na fase de sensibilização em Fernando Pó e Covada de Bruxa, também em São Vicente, e vai ser replicado em outras comunidades em Cabo Verde.

O programa Outros Bairros além de trabalhar em outras valências para reabilitação da comunidade de Alto Bomba, trouxe cinco mulheres de São Nicolau, com especialização em calçadas e que estão a formar outras 15 mulheres, que devem trabalhar em Baía das Gatas.

Eunice Silva visitou ainda as obras de construção de moradias sociais em Portelinha e pretendia visitar ainda hoje, no Mindelo as obras da clínica ambulatorial do Hospital Baptista de Sousa e do Centro de Terapia Ocupacional em Ribeira de Vinha, mas que desmarcou devido a falta de tempo para a viagem a cidade da Praia.

Antes disso, a ministra esteve nos últimos dias em Santo Antão a auscultar o andamento de “obras estruturantes” nos três concelhos da ilha.

LN/CP

Dans la même catégorie