AIP « Franc succès » de la 8e édition de la “Journée de la retraite active’’ MAP Bulletin d’informations économiques africaines MAP Zambie : La lutte contre le chômage des jeunes au centre des priorités du Budget de 2023 (ministre) AIP Le PM Patrick Achi appelle les PME à une adhésion au programme PEPITE MAP Mali: Entretien entre le président Assimi Goïta et Vladimir Poutine sur le renforcement de la coopération bilatérale MAP L’Angola prône la sauvegarde du patrimoine culturel matériel et immatériel AIP Patrick Achi lance officiellement le Programme économique pour l’innovation et la transformation des entreprises MAP Nigeria: 25 millions de dollars de la BAD pour contribuer à réduire le déficit de financement du commerce MAP Golf: Le sacre au championnat d’Afrique des jeunes confirme la domination marocaine à l’échelle arabe et continentale (Mustapha Zine) ATOP Le PNUD offre du matériel de projection de vidéos aux établissements scolaires

São Vicente: “Ter a delegação da Sociedade Cabo-verdiana de Música é um passo para consolidar Mindelo como centro da cultura” -Governante


  5 Août      10        Musique (409),

   

Mindelo,05 Ago (Inforpress)- O ministro da Cultura disse no Mindelo, que ter a delegação da Sociedade Cabo-verdiana de Música em São Vicente é um passo para consolidar Mindelo como o centro da cultura e das indústrias criativas no País.

Abraão Vicente teceu estas considerações ao presidir à cerimónia da inauguração da delegação da Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) que vai servir a ilha de São Vicente e as ilhas de Santo Antão e São Nicolau.

Segundo o ministro, “é muito importante” ter uma sede da SCM em São Vicente, “onde os autores possam se encontrar, defender os seus direitos e sentir que existe de facto a defesa dos direitos autorais”.

Para Abraão Vicente o facto desta sede estar na Escola Municipal de Música é um casamento perfeito pela importância que esta instituição teve na formação de músicos da ilha.

Na mesma linha, o presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves, explicou que abrir essa delegação na escola de música é “homenagear grandes mestres da música cabo-verdiana e muitos músicos que passaram pela Banda Municipal”.

O autarca sublinhou ainda o simbolismo de inaugurar o espaço em Agosto, mês em que “as suas duas primeiras semanas” representam “momentos altos da música em São Vicente” por causa dos eventos realizados.

Por sua vez, a presidente da SCM, Solange Cesarovna, explicou que a delegação da sociedade em São Vicente é a realização de um sonho que se alimentava há muito tempo.

Ao mesmo tempo, ajuntou, é o cumprir de uma visão da assembleia geral e da direcção da SCM para responder aos anseios e pedidos legítimos dos membros autores, compositores, artistas de música, parceiros utilizadores de música, promotores de eventos e de todos os que vivem a música.

“Abrir a delegação da SCM na Escola de Música tem tudo a ver com a protecção dos direitos dos autores, tem tudo a ver com a valorização da profissão de compositor e de músico porque sem escola não poderemos também ter mais e melhor produção artística, porque é nesta escola que encontramos as nossas referências”, afirmou a mesma fonte.

A mesma lembrou que foi nessa “emblemática Escola Municipal da Música”, que tem como patrono o maestro e professor Nhô Reis (José Alves dos Reis), e por onde passou muitos músicos, como Morgadinho, Luís Morais e outros que “orgulha e inspira” os músicos actuais para continuar a trajectória.

Dans la même catégorie