MAP Le Maroc dispose du dossier le plus solide pour l’organisation de la CAN-2025 (agence de presse) APS Ziarra Omarienne: Des centaines de fidèles ont participé à la cérémonie officielle APS Babacar Diop annonce sa candidature à la présidentielle de 2024 AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Mode : le sénégalais Mathydy s’installe à Abidjan MAP Tropicale Amissa Bongo: L’Ambassadeur de SM le Roi au Gabon rencontre l’équipe nationale de cyclisme MAP Cyclisme: Le Français Geoffrey Soupe champion de la 16è Tropicale Amissa Bongo AIP Côte d’Ivoire-AIP/Le Québec annonce son appui à la formation et l’insertion des jeunes ivoiriens AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Inauguration du premier bureau régional du ministère de la Réconciliation et de la Cohésion nationale AIP AIP/ La COP-FEA encourage la consolidation de la paix entre la Côte d’Ivoire et le Mali APS Les communes de Kaffrine et Ngniby scellent une convention de financement avec le ministère de la Culture

Saúde pública/SNLS lança semana de rastreio sobre VIH/Sida e Hepatite B


  22 Novembre      4        Santé (14142),

   

Bissau 22 Nov 22 (ANG) – O Secretariado Nacional de Luta Contra Sida (SNLS), lançou hoje na Universidade Lusófona, a Semana de Rastreio sobre as doenças de VIH e a hepatite B, alusivo ao Dia dia Mundial da Luta contra SIDA, com o objectivo de informar e sensibilizar os jovens sobre a necessidade de se prevenir deste flagelo.
Em declarações à imprensa, a Secretária Executiva da SNLS disse que os jovens constituem o público alvo, uma vez que é a camada mais afectada pelo VIH, pelo que merecem todo o foco.
Fatumata Diarai Djaló acrescentou que, bem informados os jovens saberão conviver com o vírus, que considera de real e que hoje em dia faz parte do quotidiano dos guineenses, uma vez que a prevalência nacional é de 3,1 por cento, o que, de acordo com as suas palavras, é elevado numa população de quase 2 milhões de pessoas.

“Os mais afetados são as pessoas na faixa etária dos 15 à 49 anos, uma vez que a fase da fertilidade ou seja a fase activa. Por isso, digo que a nossa população precisa estar mais informada, uma vez que há um pouco de ignorância no que tange com o VIH/Sida”, disse.

Aquela responsável sublinhou que todos devem ter a consciência de que o VIH/Sida é um problema de todos, uma vez que não tem cura e que qualquer um pode contrair essa doença, se não se cuidar.

Djaló disse que o objectivo da Semana de Rastreio, é tentar cumprir a meta proposta pela Organização Mundial de Saúde que é até 2030 acabar com o virus de sida no mundo.

“Ou seja, os que estão contaminados vão continuar a tratar e lutar para que não haja novas infeções”, afirmou.

A jurista Mónica Nancassa, que orou o tema “Estigma e Descriminação” destacou a necessidade de se incutir na mente que pessoas seropositivas não deixem de ser membros de pleno direito da sociedade.

“Os seus direitos estão intactos, não devemos alimentar de ecutomia entre nós saudavéis e eles doentes como se fosse parias da sociedade, o que não é verdade, uma vez que são cidadãos que podem contribuir como qualquer um, por isso os seus direitos devem ser preservados”, disse.

A palestra alusivo ao Dia Mundial de luta conta a Sida que se assinala no próximo dia 01 de Dezembro, tem como lema “Acabar com Desigualdades », e a a Semana de Rastreio decorrerá de 22 à 28 de Novembro envolvendo alunos das diferentes universidades do país e em diferentes localidades seleccionadas

Dans la même catégorie