APS CENTRALE DE 300 MW : LA SIGNATURE DU CONTRAT DE CONSTRUCTION PRÉVUE SAMEDI MAP CEDEAO : vers la levée totale des sanctions imposées au Mali MAP L’ONU évolue dans un monde où l’humanité fait face à une érosion inquiétante du multilatéralisme (M. Loulichki) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le Président Ouattara pose lundi la première pierre des travaux du deuxième terminal à conteneurs AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Un plan d’aménagement de la forêt classée de Goin-Débé en cours d’élaboration AIP Côte d’Ivoire-AIP/ 31 nouveaux cas de Covid-19 et 29 guéris APS LANCEMENT D’UNE CELLULE D’ÉTUDES ET DE RÉFLEXION AU SERVICE DE MÉDINA BAYE AGP Gabon/Koulamoutou: La SBL en soutien aux agriculteurs locaux AGP Gabon: Le bilan et les performances de la Comilog et Setrag présentés à Ali Bongo Ondimba AGP Gabon: La hiérarchie du PDG imprégnée des opportunités de la décentralisation

Saúde/Ministério das Pescas e Fundação Ricardo Sanhá rubricam acordo no domínio de assistência médica e medicamentosa


  28 Août      14        Santé (7516),

   

Bissau,28 Ago 20(ANG) – O Ministério das Pescas e a Fundação Ricardo Sanhá assinaram hoje um acordo visando a assistência médica e medicamentosa para os funcionários das pescas.

O acordo foi assinado pelo titular da pasta das Pescas, Malam Sambú e pelo Presidente da Fundação, Ricardo Sanhá.

Na ocasião, o Presidente do Sindicato Nacional das Pescas, Ceuna Manuel Quadé manifestou, em nome dos colegas, a sua satisfação pela acordo alcançado, e que visa ainda a criação de uma farmácia no interior do Ministério das Pe

scas.

Aquele responsável disse que o acordo prevé ainda a vinda e consultas periódicas de médicos portugueses para o bem estar social dos funcionários do Ministério das Pescas.

Por sua vez, Ricardo Sanhá, Presidente da Fundação do mesmo nome salientou que o acordo vai minimizar grandemente as dificuldades com que os trabalhadores do ministério se deparam,particularmente os se dedicam a Fiscalização Marítima, que para ele não são trabalhadores normais “porque as vezes estão sujeitos aos intempéries no alto mar”.

Sanhá afirmou que a preocupação do ministro das Pescas é no sentido de os referidos trabalhadores serem saudáveis para poderem continuar a trazer para o país as riquezas que todos merecem.

“Na minha qualidade de Presidente da Fundação vou fazer tudo para cumprir ,na íntegra, tudo aquilo que foi assinado e tenho como hábito ajudar e ainda muito mais quando encontro pessoas como o ministro das Pescas que igualmente gosta de ajudar o seu próximo”, disse Ricardo Sanhá.

Declarou que os trabalhadores das Pescas irão sentir os reflexos e a razão do acordo assinado porque acima de tudo interessa a salvaguarda da saúde das pessoas.

A Fundação Ricardo Sanhá actua no domínio da saúde, tem a sua sede em Portugal, e presta ajuda sobretudo aos doentes guineenses que se deslocam para tratamento em terras lusas, em condições difíceis .

Dans la même catégorie