GNA Ghana Mission in Washington, others donate $59,850 to COVID-19 Fund GNA Orange Support Centre will address SGBV issues in Ghana – UNFPA APS LE JARAAF S’ENGAGE À PAYER LA CAUTION POUR LAMINE DIACK ‘’D’ICI UNE QUINZAINE DE JOURS’’ (PRÉSIDENT) AGP Boké-Ramadan: La Fondation AMA offre des vivres à la population de la Commune Urbaine ANP La Ville de Niamey baptise deux places publiques des noms de Mounkaila Sakoira et Cheick Chaibou Ali AGP Labé-Covid-19: 43 nouveaux cas positifs à la prison civile AGP Guinée : Bientôt la 1èr  édition du festival axé sur les enjeux liés à la dégradation de l’environnement AGP Kouroussa-Violence : La Résidence du Préfet attaquée  par des orpailleurs! GNA CISCM lauds Government for promoting E-governance GNA Ghana will serve as entry point for Canadian investors – Kyerematen

SCM e CM do Porto Novo assinam actualização de protocolo de parceria


  10 Février      17        Musique (273),

   

Porto Novo, 10 Fev (Inforpress) – A Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) e a Câmara Municipal do Porto Novo (CMPN) assinaram terça-feira a actualização de um protocolo de parceria existente, há três anos, entre as duas instituições.
O documento foi assinado pela presidente da SCM, Solange Cesarovna, e pelo presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Azevedo Fonseca, que, momentos depois, inauguraram os serviços da SCM no balcão único (BU) da edilidade.
Com este protocolo, os artistas de música daquele município santantonense passam a dispor de um serviço acessível, no seu próprio município, que lhes permitirá fazer o registo dos autores e demais titulares de direitos, bem como o licenciamento de execução pública de música.
O presidente da edilidade porto-novense disse que atribui grande importância à assinatura deste protocolo que, conforme adiantou, “é uma forma de a Câmara Municipal do Porto Novo associar-se à Sociedade Cabo-verdiana de Música para criar condições para que os artistas e intérpretes tenham os seus direitos salvaguardados”.
Aníbal Fonseca anunciou que Porto Novo vai passar a pagar os direitos de autor em todas as actividades organizadas pela câmara municipal e pretende que o seu município seja um município “copyright friendly” (amigo dos direitos autorais).
A presidente da SCM considerou que essa assinatura “é um momento muito valioso” para o trabalho que a SCM vai conseguir fazer no município do Porto Novo, estando muito perto dos seus membros e dos parceiros utilizadores.
“Renovar o protocolo traz aspectos importantes para a actual conjuntura porque estamos a estreitar parcerias e observa vários factores importantes deste momento pós-pandemia”, disse Solange Cesarovna.
Artistas e utilizadores de música presentes no acto consideraram que pagar os direitos de autor e direitos conexos é um acto de justiça e os donos de restaurantes e outros operadores garantem que vão passar a pagar aquilo que a SCM considera “o salário do criador”.

Dans la même catégorie