AIB Vacances mouvementées pour Charles Kaboré et ses compatriotes burkinabè à l’étranger AIB Burkina : Après 40 ans d’existence, l’Ecole nationale d’élevage veut davantage diversifier ses filières AIB Burkina : Onze personnes  »décèdent » pendant leur garde à vue (Procureur) GNA Gospel music sensation Yaw Spoky out with single GNA NRCCD to open Model Inclusive School in September GNA e.TV Ghana /Japan Motors open registration for 2019 Corporate Run APS MANSOUR FAYE DÉBALLE UN « PAQUET D’ENGAGEMENTS » SUR DES OUVRAGES À RÉALISER À THIÈS GNA E. African security experts, policymakers urge concerted efforts in conflict resolution GNA U.S. to raise bar for « made in America » products GNA Sudan, South Sudan to address oil flow constraints

Sterling poderia avançar com acção judicial contra o Estado de Cabo Verde, admite o advogado Rui Araújo


  5 Mars      44        Finance (3799),

   

Praia, 05 Mar (Inforpress) –  O advogado Rui Araújo disse hoje que, se a reestruturação da TACV não tivesse sido adjudicada à Sterling, esta poderia avançar com uma acção judicial contra o Estado de Cabo Verde, “porque tinha ganho um concurso público internacional”.

Rui Araújo, que foi consultor jurídico da Direcção-Geral do Património do Estado, fez estas considerações durante a sua audição na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada com o objectivo de apurar “toda a verdade” sobre a gestão da TACV-Cabo Verde Airlines desde 1975 a 2016.

“A selecção da Sterling tinha a ver com os critérios do próprio concurso”, indicou Rui Araújo a propósito de algumas objecções iniciais do Banco Mundial (BM), entidade financiadora do projecto de reestruturação da TACV, em relação à empresa canadiana.

Disse, por outro lado, que, apesar das objecções iniciais, o BM acabou por aprovar a escolha da Sterling Merchant Finance.

LC/FP

Dans la même catégorie