ACAP Hommage au journaliste Rébéné Basile, décédé le 21 février dernier AIP La Côte d’Ivoire reçoit ses premières doses de vaccin contre le COVID 19 AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Inter/ Huit gendarmes tués dans une attaque au Mali AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Deux ambulances pour Logoualé et Yapleu GNA Onchocerciasis; GHS begins immunization in eight districts of Ashanti on Saturday GNA Super Clash Preview: Kotoko plot to deepen Hearts woes GNA GHS honours Volta Regional Minister designate for selfless leadership GNA Sekyere-Kumawu youth calls for appointment of Kwaku Duah as DCE GNA We have not provided IPPs financing or guarantees on PPA-World Bank APS PLUS DE 11.000 PERSONNES ONT ÉTÉ VACCINÉES, SELON LE MINISTÈRE DE LA SANTÉ

Transporte Terrestre/ Fundo Rodoviário anuncia reabilitação de algumas estradas do país


  9 Février      17        Société (29228),

   

Bissau, 09 Fev 21 (ANG) – O Director Executivo do Fundo Rodoviário  revelou hoje em declarações à ANG que a Direcção do Fundo contraiu um empréstimo bancário no valor de 798 milhões de francos  para a manutenção de algumas  estradas do país.

O valor, segundo Mamadu Saico Djaló vai ser investido, brevemente, na reabilitação de quatro estradas, nomeadamente a que liga Tchapa de Bissau/ Bissak, de Cuntum Madina/Marinha, Sitec até Avenida Caetano Semedo e  estrada de Augusto Barreto/Rotunda de 2ª  Esquadra à Aldeia SOS entre outras.

Afirmou que,  alcatroar estradas não é nada fácil, porque no  país é impossível percorrer  30 quilómetros sem passar por uma zona húmida ou seja zonas de bolanha que diz ser custoso em termos de alcatroamento.

Saico Djaló pede  aos motoristas de transportes urbanos, mistos e taxistas a procederem ao pagamento do primeiro semestre da taxa de circulação rodoviária.

“Estamos ainda no período de pagamento voluntário do Fundo Rodoviário que começou desde 1 de janeiro e termina no dia 15 de Fevereiro”, disse.

Mamadu Djaló disse que,  terminado o prazo, a Direção do Fundo vai começar com cobrança coerciva e tendo admitido aplicação de uma multa, sem especificar a quantia, àqueles que não cumpriram com a lei.

“Nós estamos a pedir o   pagamento da taxa de circulação, a taxa foi fixada pela lei e portanto as normas são para cumprir”, afirmou Mamadu Saico Djaló.

Quanto a taxa de combustível  que a Federação de Motoristas reclama, o Director Executivo do Fundo Rodoviário informou que a taxa de combustível é paga por todas as entidades não só pelos  motoristas de transportes mistos, urbanos e taxistas

Segundo Mamadu Djaló  o valor da taxa de circulação vária de 23 mil à 80 mil francos fcs por semestre dependendo da categoria ou classe que o veiculo pertence.

Relativamente  ao aumento de sete por cento na taxa de circulação, o Director Executivo de Fundo disse que não se fez nenhum aumento, mas  sim  actualização da tabela, sustentando que a taxa  cobrada actualmente é de 1997 .

Informou que, esta taxa deveria ser actualizada há muito tempo, após a adesão da Guiné-Bissau da União Económica Monetária Oeste Africana(UEMOA).

Disse que, à pedido da Federação da Associação dos Motoristas, o valor de actualização da taxa de circulação do Fundo Rodoviário entra em vigor só a partir do segundo semestre desde ano.

Dans la même catégorie