MAP Beach soccer:  » Mon objectif, c’est de qualifier le Maroc à la Coupe du Monde 2024  » (sélectionneur) MAP Rabat : Cérémonie en l’honneur des pugilistes marocains sacrés au championnat d’Afrique Elite et au championnat arabe Juniors GNA Ghana trains Rwandan FDA on WHO Benchmarking Tool GNA More people queue for power at Legon ECG sub-station GNA Stakeholders laud VRA for sustainable growth, impressive operational performance GNA Ghana grateful to UK for funding research into Non-Communicable Diseases GNA Mental Health Week launched in Tamale GNA Problem-solving based education curriculum is crucial for sustainable national economic growth GNA Africa’s mineral wealth remains key driver of its transformation- Ambassador Muchanga AIP Côte d’Ivoire-AIP/Des jeunes entrepreneurs formés à la digitalisation de leurs activités

Transportes terrestres/Federação das Associações dos Motoristas desconvoca greve


  17 Novembre      65        Société (39922),

   

Bissau, 17 Nov 20 (ANG) – A Federação das Associações dos Motoristas da Guiné-Bissau desconvocou esta segunda-feira a greve de cinco dias iniciada segunda-feira, em reivindicação da cessação das operações Stop levadas a cabo pela Polícia de Trânsito e a Guarda Nacional em quase todas as vias de circulação do país.

As partes chegaram a um acordo com o governo no sentido de essas operações serem feitas de acordo com um programa que indique os locais de controlo das duas entidades de manutenção da ordem pública.
O acordo ainda prevê a criação de um Guichet Único para pagamento das multas.

Segundo o Presidente da Federação das Associações de Motoristas, Caram Cassamá, uma Comissão criada para o efeito constatou que todos os postos de controlo prestados pelos motoristas foram levantadas e que não existe presença dos agentes da Polícia de Trânsito e da Guarda Nacional.

“ Doravante não haverá nenhuma atuação por parte dos agentes da Guarda Nacional e Polícia Trânsito nas estradas e será decidida quais serão as atuações que devem ser feitas nas vias públicas ” frisou.

Cassamá apelou aos motoristas a respeitar as regras estabelecidas pelas autoridades sanitárias do país e o código da estrada.

Os motoristas observaram algumas horas de greve mas foram suficientes para provocar protestos populares contra a falta de acordo com o Governo.

Dans la même catégorie