ANP La construction de l’Echangeur Ali Saïbou permettra d’optimiser l’utilisation de la voie express, selon le Ministre des Finances AIB Etats unis : Le procès de Trump pour «incitation à l’insurrection» débute le 9 février AIB Burkina : L’importation d’énergie du Ghana en hausse de 113% en 2019 (Rapport) AIB Report de l’entrée en vigueur de l’ECO : «Il s’agit d’un aveu d’échec» selon un universitaire AIB Politique et syndicalisme occupent  la Une des quotidiens burkinabè AIB Meilleure journaliste du Burkina: Rabiatou Simporé dédie ses prix aux agents de l’AIB MAP Visionnaire et impitoyable, Lekjaa est l’un des meilleurs administrateurs de football AIB Jonathan Pitroipa quitte Paris FC AIB Report de l’entrée en vigueur de l’ECO : «Il s’agit d’un aveu d’échec» selon un universitaire AIB Burkina : Les fidèles catholiques invités à sauver les médias diocésains

Turismo e Cultura/Comissão Organizadora da Feira Internacional de Bissau toma posse


  12 Janvier      18        Arts & Cultures (1405),

   

Bissau,12 Jan 21(ANG) – A Comissão Organizadora da Feira Internacional de Turismo, Cultura e Artesanato que deve decorrer em Bissau, no próximo mês de Março, foi hoje empossada.

Na ocasião, o Secretário de Estado da Cultura, Francelino Cunha disse que é a primeira vez que o país vai acolher um acto tão importante nos sectores da cultura, turismo e artesanato com apoio de Portugal.

 Segundo Cunha,  o evento irá marcar  o início de um intercâmbio cultural com Portugal extensivo a área de turismo e artesanato.

“Se isso tornar uma realidade irá culminar em dois momentos importantes, onde os dois países vão assinar a geminação entre a Câmara Municipal de Bissau com  diferentes cidades portuguesas, o que já é bom, em termos de desenvolvimento, tanto para o sector turístico como cultural”, explicou o governante.

Francelino Cunha sublinhou que os laços entre os dois países são históricos, salientando que os portugueses fizeram mais de 500 anos no país e isso permitiu-lhes conhecer, de perto, as riquezas e potencialidades culturais da Guiné-Bissau.

“Certamente, se organizamos esse evento, irá contar com  a participação dos empresários portugueses vocacionados para investimentos  nos domínios do turismo e cultura”, frisou.

O Secretário de Estado da Cultura diz que será um evento importante para o povo da Guiné-Bissau porque acabará por ser uma exposição de artigos artesanais, culturais e turísticos, acrescentando que abrirá  possibilidades de empresários portugueses investirem no país.

A secretária de Estado do Turismo e Artesanato, Nhima Sissé  louvou a  realização da Feira Internacional de Bissau, uma iniciativa da Associação dos Operadores Turísticos e Similares da Guiné-Bissau(Asopts).

A governante sublinhou que o evento será um momento que ilustra as potencialidades do país em termos turísticos, culturais e artesanais, tendo em conta que servirá de intercâmbios entre os operadores dos dois países no referidos sectores.

Declarou que será uma oportunidade para trazer os empresários portugueses ao país e conhecerem as suas potencialidades, o que será uma vantagem enorme para os sectores de turismo e cultura tendo em conta que vai permitir as trocas de produtos entre os dois países.

O  Presidente da Comissão Organizadora do evento, Cletche Naísna, prometeu que a equipa vai  trabalhar com toda a sapiência
, força, energia de forma a corresponder as espectativas que nortearam  a sua criação.

Dans la même catégorie