GNA China ready to lead global economic rebound APS L’ANER EST EN TRAIN D’INSTALLER DES MINI-CENTRALES SOLAIRES DANS LE MONDE RURAL, SELON SON DIRECTEUR GÉNÉRAL APS MALICK DAFF SE SATISFAIT DU RÉSULTAT APS KALIDOU KASSÉ EXPOSE ‘’GIS GIS BU BEES’’, SA NOUVELLE VISION PICTURALE APS COUPE DE LA CAF : LE JARAAF PREND UN LÉGER AVANTAGE LORS DE LA MANCHE ALLER ANP Maradi : Le Président Issoufou Inaugure la route Maradi-Madarounfa-frontières Nigéria ANP Niger : Le parlement adopte le statut du personnel militaire des forces Armées AIP Côte d’Ivoire-AIP/ 29 cas de COVID-19 notifiés le 28 novembre 2020 (Ministère) AIP Côte d’Ivoire-AIP/Journée internationale des droits de l’enfant: Les parents exhortés à déclarer leurs enfants à l’état civil AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Journée internationale des droits de l’enfant: Les enfants de Bouaflé exhortent leurs parents à maintenir la cohésion sociale

UE determinada em continuar parcerias com Cabo Verde para enfrentar os efeitos da pandemia da Covid-19


  20 Octobre      11        Santé (8117),

   

Cidade da Praia, 20 Out (Inforpress) – A embaixadora da União Europeia (UE) em Cabo Verde, Sofia Sousa, disse hoje, na cidade da Praia, que a UE está determinada em continuar parcerias com Cabo Verde, no sentido de enfrentarem juntos os efeitos da Covid-19.
Sofia Sousa falava na abertura de um debate sobre o significado de dados confiáveis para conectar o mundo, promovido pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no âmbito do Dia Mundial de Estatística, que se assinala hoje, 20 de Outubro.
“A UE tem sido parceira de Cabo Verde em inúmeras áreas, mesmo nestes tempos muito mais difíceis e complexos, mas estamos determinados a continuar com as nossas parcerias e juntos tentar enfrentar, não só a pandemia e as consequências nefastas desta para a nossa sociedade, mas também de trabalhar em conjunto para alcançar os objetivos de desenvolvimentos sustentável que todos nós acordamos e pretendemos ver realizadas”, frisou.
Incidindo no Dia Mundial de Estatística, Sofia Sousa avançou que a EU quer continuar a trabalhar e a reforçar a parceria junto ao INE, de forma a trabalhar no contexto que permita alcançar “resultados fiáveis”. Pois, referiu que a pandemia sem precedentes do coronavírus, que o mundo inteiro enfrenta, põe em evidência a importância da necessidade de se conhecer mais profundamente a realidade ao redor das pessoas.
“Para a tomada de medidas e de decisões, para a tomada de políticas que tentem mitigar os efeitos desta crise e tenta resolver os problemas causados, necessitamos de ter dados, dados confiáveis, dados verídicos, dados de fontes credíveis e dados que realmente nos indiquem o que se passa na realidade”, acrescentou.
Sem estes dados, e no momento em que se vive de notícias falsas e de desinformação, defendeu, não se poderá estabelecer nem criar políticas, nem tomar decisões que realmente mitiguem o problema e a crise em que se vive.
“Daí a importância de hoje celebrarmos a essência da estatística, o trabalho científico que está por trás de uma ciência importantíssima na colheita dos dados, na forma como os dados são colhidos, a forma como são tratados e depois a apresentação dos dados, novamente de uma forma credível para que quem deles necessita e quem deles necessita são as instâncias governativas, mas são também toda a sociedade possa realmente confiar nos dados obtidos”, realçou.
Sofia Sousa chamou ainda atenção para a necessidade de se verificar a fonte, porque, completou, muitas vezes há dados que são vinculados, até mesmo pela comunicação social, adulterados, extrapolados e retirados do contexto em que são apresentados e produzidos.
“Temos todos que contribuir para que possamos continuar a dispor de dados estatísticos fiáveis, traduzindo a realidade que são necessários para proteger os cidadãos cabo-verdianos e os cidadãos no mundo inteiro”, defendeu.

Dans la même catégorie