AIP Des espaces publics désinfectés à Korhogo AIP COVID-19: Des dons du Gouvernement aux populations de Maféré AIP La BCEAO encourage la promotion des paiements électroniques (MENUP) AIP COVID-19 : Une brasserie fait divers dons à l’hôpital d’Anyama AIP Le non respect du couvre-feu à Bocanda dénoncé AIP Deux cambrioleurs épinglés à Niakara lors du couvre-feu vol à Niakara ANP Le président de l’Association Islamique du Niger tire sa révérence AIP COVID-19: Deux personnes retranchées à l’intérieur du pays acheminées sur Abidjan APS NGUÉNIÈNE-PEULH RÉAFFIRME SON ADHÉSION AU PRODIMEL APS NGUÉNIÈNE-PEULH RÉAFFIRME SON ADHÉSION AU PRODIMEL

São Vicente: Mindel Art Fest quer levar a arte ao encontro das pessoas – organização


  27 Juillet      13        Arts & Cultures (826), Photos (3327),

   

Mindelo, 27 Jul (Inforpress) – A terceira edição do Mindel Art Fest (MAF) arranca hoje no Mindelo, com diversas actividades realizadas tanto no centro, como nas periferias, que pretendem levar arte ao encontro das pessoas.

Depois de já ter passado pela Cidade da Praia e Paul, Santo Antão, o pontapé de saída para o MAF no Mindelo vai ser dado a partir das 18:30 com a inauguração da exposição “Metamorfose”, de Ayrton Cruz e ainda a apresentação, pelas 21:00, da peça, “Romeu ma Julieta”, co-produção do Associação Mindelact e do Caixa Preta.

“Temos várias actividades no MAF desde teatro, música, dança, cinema, exposições, workshops e muito mais”, explicou à Inforpress Yannick Fortes, membro da companhia 50 Pessoa, organizadora do evento.

Muitas actividades num festival, conforme a mesma fonte, que não pretende “centralizar” com espectáculos somente no centro da cidade, mas que vai levar apresentações a bairros periféricos do Mindelo.

“Sabemos que existem muitas pessoas que não conseguem, por várias razões, vir à cidade assistir os epectáculos, então vamos levar a arte ao encontro das pessoas”, anunciou Yannick Fortes apontando, assim, apresentações em bairros como Ribeira de Craquinha e Ribeira Bote, este último que vai ser alvo ainda de uma intervenção artística nas fachadas de algumas casas.

Um dos pontos altos do Mindel Art Fest, que acontece até domingo, vai ser a “re-estreia”, 15 anos depois da última apresentação, do espectáculo “Cloun Creolus Dei”, do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo, e co- produzido inicialmente com o Teatro Meridional, de Portugal.
LN/CP

Inforpress/fim

Dans la même catégorie