ACP Lancement du projet de l’USAID pour le renforcement du secteur des médias en RDC ACP L’autonomisation des populations autours de Kitshanga est une nécessité pour la paix, selon le STAREC NAN D’Tigers move 10 places up in FIBA world rankings NAN World Athletics Championships: 25 athletes to represent Nigeria NAN FIFA Ranking: Nigeria drop by one spot, now 34th ANGOP L’UGD enregistre une baisse dans l’émission des titres à 25,92 pour cent ANGOP L’Angola et les Etats-Unis vivent un bon moment dans les relations ANGOP Le PR aborde des questions d’intérêt bilatéral avec ses homologues AIB Radio Burkina : 22,2% d’auditeurs insatisfaits de la couverture du Tour du Faso (mémoire) ANGOP DRC refugees repatriation postponed sine die

Santa Catarina: Autarquia promove campanha de sensibilização sobre questões do ambiente e saneamento


  9 Août      15        Sustainable Development (203),

   

Praia , 09 Ago (Inforpress) – A Câmara Municipal de Santa Catarina (Ilha de Santiago) tem em curso uma campanha de sensibilização das pessoas visando a mudança de mentalidades para as questões do ambiente e saneamento, com ênfase nos resíduos sólidos.

Em declarações à Inforpress, o vereador do Ambiente e Saneamento, Vladimir Brito, explicou que a iniciativa vai estar porta a porta para sensibilizar os munícipes que a questão não se resume a colocar a lixo no contentor, mas colocá-lo de forma correcta, de forma que quando for recolhido possa ter um bom tratamento.

A campanha porta a porta liderada pelo Gabinete de Sensibilização criado para tal, composto por técnicos e fiscais, conforme fez saber, já esteve nos bairros do centro da cidade, como Bolanha, Fundo Cutelo, Cobão Ribeiro, Nhagar, Tarrafalinho, São Bento, Achada Riba, Cumbém e Chão de Santos, devendo prosseguir-se para outras “zonas identificadas como tendo maiores problemas com o tratamento de resíduos sólidos”.

Segundo o autarca, nesta primeira fase, além de sensibilizar os moradores sobre o lixo deixado a céu aberto e dos perigos que representa para a saúde e o meio ambiente, a equipa de fiscalização também informará as pessoas sobre coimas aplicadas a quem persiste em tais práticas, cujas multas podem ir até aos 1.500 contos.

Dans la même catégorie