ABP Le guide des procédures sur le foncier validé dans les communes d’intervention du Fi-Agri ABP Le préfet Apithy appelle les coopérateurs à désigner des administrateurs légitimes sur les CAR ABP 112 éléments présélectionnés à l’étape du recrutement policier à Lokossa ANP Diffa : Une vingtaine de morts et une dizaine de blessés à la suite d’une bousculade ANG Analista político Silvestre Alves disse que cabe à CNE cumprir o Acórdão do STJ, não a recomendação da CEDEAO ACI OUVERTURE DE LA PREMIÈRE RÉUNION DU COMITÉ MIXTE MAROCO-CONGOLAIS ACI LA POPULATION APPELÉE À ADOPTER UN COMPORTEMENT RESPONSABLE AGP Gabon/National-Foot 1 (4ejournée) : AS Mangasport prend aussi le pouvoir dans la poule B et l’USB stagne à la 2e place AGP Gabon/National-Foot 1 (4e journée) : CF Mounana nouveau leader de la poule A et USO humilie AS Dikaki (4-1) à Oyem ANG Novo director-geral preocupado com problemas financeiros da organização

Santa Catarina: Autarquia promove campanha de sensibilização sobre questões do ambiente e saneamento


  9 Août      17        Sustainable Development (1908),

   

Praia , 09 Ago (Inforpress) – A Câmara Municipal de Santa Catarina (Ilha de Santiago) tem em curso uma campanha de sensibilização das pessoas visando a mudança de mentalidades para as questões do ambiente e saneamento, com ênfase nos resíduos sólidos.

Em declarações à Inforpress, o vereador do Ambiente e Saneamento, Vladimir Brito, explicou que a iniciativa vai estar porta a porta para sensibilizar os munícipes que a questão não se resume a colocar a lixo no contentor, mas colocá-lo de forma correcta, de forma que quando for recolhido possa ter um bom tratamento.

A campanha porta a porta liderada pelo Gabinete de Sensibilização criado para tal, composto por técnicos e fiscais, conforme fez saber, já esteve nos bairros do centro da cidade, como Bolanha, Fundo Cutelo, Cobão Ribeiro, Nhagar, Tarrafalinho, São Bento, Achada Riba, Cumbém e Chão de Santos, devendo prosseguir-se para outras “zonas identificadas como tendo maiores problemas com o tratamento de resíduos sólidos”.

Segundo o autarca, nesta primeira fase, além de sensibilizar os moradores sobre o lixo deixado a céu aberto e dos perigos que representa para a saúde e o meio ambiente, a equipa de fiscalização também informará as pessoas sobre coimas aplicadas a quem persiste em tais práticas, cujas multas podem ir até aos 1.500 contos.

Dans la même catégorie