AGP «Il n’y a pas de vague d’enlèvements d’enfants au Gabon !» (Porte-parole du gouvernement) ANP Le Premier Ministre reçoit le Ministre des Affaires Etrangères de l’Inde ANG Candidato Domingos Simões Pereira diz que o apuramento nacional deve começar nas urnas ANG Umaro Sissoco Embalo deseja tomar posse a 19 de Fevereiro ANG JAAC acusa CNE de “má fé” na divulgação dos resultados definitivos das eleições APS TRAVAUX FORCÉS À PERPÉTUITÉ POUR LE MEURTRIER DE LA VICE-PRÉSIDENTE DU CESE APS LE SECTEUR TERTIAIRE, PRINCIPAL MOTEUR DE LA CROISSANCE DU PIB EN 2018 GNA ELBEE to sponsor 2020 Kwahu Easter Marathon GNA University students demand speedy resolution of government/TUTAG impasse GNA BONABOTO reactivates peace mediation efforts in Bolga chieftaincy dispute

A forma como é tratada a natureza na Brava é “totalmente diferente” da das outras ilhas – Cármen Araújo


Cidade da Praia, 22 Ago (Inforpress) – A apresentadora da Quercus CV, Cármen Araújo, considera que a forma como é tratada a natureza na ilha da Brava é “totalmente” diferente às outras ilhas do país, o que deixa transparecer uma sensação de “ambiente mais preservada” nessa ilha.

Cármen Araújo fez essas considerações em declarações à Inforpress, a propósito de uma equipa da Quercus que se encontra na ilha pela primeira vez, com o objectivo de “entender” quais os problemas ambientais existentes na “ilha das flores” e perspectivar um programa que demonstre essas dificuldades e apresente “possíveis soluções”.

Contudo, foi adiantando que até o momento ainda não identificaram nenhum problema, mas não resistiu de fazer um “desabafo”, sublinhando que “comparando Brava com a Cidade da Praia, a diferença é enorme”.

“Não existe desorganização, fomos verificar os eventuais focos apresentados pelo presidente da câmara municipal e o que encontramos foi uma garrafa ou outra, ou alguma lata, mas nenhum amontoado de lixo”, enfatiza a apresentadora da Quercus.

MC/FP

Dans la même catégorie