ATOP FIN DES TRAVAUX DE FORMATION DES FEMMES DE LA FAAPA ATOP L’ASSOCIATION LUMI-A OFFRE DES DISPOSITIFS DE LAVAGE DES MAINS A L’EPP AMADAHOME A LOME ATOP SEMININAIRE D’INFORMATION ET DE SENSIBLISATION SUR L’EXTREMISME VIOLENT TENU A DAPAONG INFORPRESS Movimentos cívicos de São Vicente pedem regresso do projecto de lei da transparência ao parlamento INFORPRESS Karaté: Jordan Neves participa no XI Campeonato do Mundo de Sub-21 no Chile INFORPRESS “Para termos mais mulheres no parlamento os partidos têm que as colocar em posições elegíveis” – ICIEG ANG “Capacidade humana no combate ao crime supera dificuldades organizativas”, diz João Campos ANG BOAD capacita actores de cadeia de concursos públicos ANG “Má alimentação prejudica a saúde de mais de 200 milhões de crianças no mundo” diz UNICEF ANP Le Niger va accueillir le 3ème Sommet sur la paix en Afrique en novembre prochain

CEDEAO : Missão de seguimento quer eleições até antes de fim do ano


  8 Novembre      6        Photos (3183), Politics (6361),

   

Bissau, 06 nov 18 (ANG) – A Missão de seguimento do processo eleitoral guineense da CEDEAO convida à todos os actores envolvidos no processo eleitoral a se engajarem para que as eleições possam ter lugar até antes de fim do ano.

O convite foi feito em comunicado produzido no final da visita que a missão efectuou a Bissau segunda-feira, 05 de novembro.

« Tendo em conta os prazos, uma nova data de eleições será proposta pelas autoridades guineenses em concertação com a CEDEAO », refere o comunicado enviado a ANG.

A missão chefiada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Nigéria, e presidente do Conselho de ministros da CEDEAO, Geoffrey Onyeama, felicitou a decisão tomada pelas autoridads eleitorais de prosseguir o recenseamento eleitoral até 20 de novembro.

Encoraja ao governo a prosseguir com acções em curso e tomar as medidas idónias para tornar a preparação do processo eleitoral mais transparentes para garantir a sua crdibilidade.

« Nesta perspectiva, a delegação ministerial da CEDEAO se engaja a agir para que o resto dos kits chegasse ao pais o mais depressa possível, tendo em conta a importância de se realizar eleições em 2018, conforme decisão da CEDEAO », lê-se no documento.

De acordo com o comunicado, a delegação da CEDEAO reconheceu que os diferentes esforços não permitiram o registo de número aceitavel de eleitores, nos prazos previstos pelo cronograma eleitoral, devido a insuficiência de Kits.

A CEDEAO reitera em comunicado a sua decisão de apoiar a realização de eleições este ano, conforme decisões da última cimeira de chefes de estado e de Governo da comunidade, e felicita ao Presidente da República, ao primeiro-ministro e ao governo pelos progressos registados na preparação das eleições.
ANG/SG

Dans la même catégorie