APS JOJ 2026 : 2022 SERA LE DÉBUT D’UNE SÉRIE D’ACTIONS CONCRÈTES SUR LE TERRAIN (ORGANISATEURS) ANP Niger : Bientôt une école de l’Armée de l’Air à Agadez et un centre de formation de 5000 jeunes militaires par an à Keita (Président Bazoum) GNA Minister asks illegal sand miners to stop operation or face the law ANP Ouverture de l’école militaire supérieure de Niamey : Une « nécessité lancinante »pour le Niger, selon le Président Mohamed Bazoum AGP Gabon : Les Présidents des Juridictions désormais outillés AGP Gabon : Les enjeux du Congrès international des Barreaux expliqués à Ali Bongo Ondimba ACP Le Premier ministre Sama Lukonde s’engage dans l’opération « Zéro trou à Kinshasa » ACP Organisation à Kinshasa d’une table ronde sur la mise en place d’un fonds national de réparation en faveur des victimes de violences sexuelles ACP Le Sénat vote le projet de loi autorisant la prorogation de l’état de siège au Nord-Kivu et en Ituri. AGP Gabon : Le Camp Missambo contre le report du congrès de l’Union nationale

Lançado projecto de « Fundo Italiano » para acelerar progressos nutricionais


  23 Novembre      18        Human Development (188), LeaderShip Feminin (10341),

   

Bissau, 23 Nov 18 (ANG) – O Ministério de Saúde Pública lançou quarta-feira o Projecto Nacional do « Fundo Italiano » para acelerar progressos nutricionais em direcção à sobrevivência , crescimento e desenvolvimento da criança na Guiné-Bissau.

A informação consta numa nota à imprensa produzida pela direcção dos serviços de Alimentação, Nutrição e Sobrevivência da Criança do Ministério de Saúde Pública, Família e Coesão Social.

« O fundo Italiano irá permitir o reforço de um conjunto de intervenções específicas e sensíveis à nutrição em 05 das 11 regiões sanitárias com população de crianças e mulheres em situação de maior vulnerabilidade », refere o documento.

Na nota, consta que o Ministério de Saúde continuará a priorizar intervenções eficazes de nutrição, especialmente nos primeiros 1000 dias de vida da criança e durante a adolescência.

De acordo com o referido documento, o governo da Guiné-Bissau conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) e da Cooperação Italiana para a criação de um ambiente para alcançar as metas nutricionais através do reforço da capacitação dos recursos humanos.

« Os recursos humanos que serão capacitados terão a missão de levar a cabo intervenções prioritárias tais como: prevenção da desnutrição crónica, promoção das boas práticas da amamentação e correcta introdução da alimentação complementar, prevenção e tratamento de outras formas de desnutrição inclusive as carências ligadas aos micronutrientes (iodo e vitamina A e ferro) em crianças menores de cinco anos », lê-se na nota.

Dans la même catégorie