MAP Liban : 80.000 enfants déplacés suite aux explosions de Beyrouth (ONU) MAP Zimbabwe : le nombre d’infections au coronavirus a doublé en deux semaines (ONU) MAP Covid-19: feu vert pour les festivals et les évènements culturels au Québec MAP Algérie : Effondrement de trois maisons et fissures dans une trentaine d’autres suite à un séisme à Mila APS DÉCÈS DU KHALIFE DE MÉDINA BAYE : MACKY SALL REÇOIT LES CONDOLÉANCES DE MUHAMMADU BUHARI VIA DES ÉMISSAIRES APS LA BAISSE DE LA CRIMINALITÉ S’EST POURSUIVIE EN JUILLET, SELON LA POLICE APS UN DE SES VOLONTAIRES ACCUSÉ D’ATTOUCHEMENTS SEXUELS, LA CROIX-ROUGE INVOQUE SES EFFORTS ET SON ACTION GNA Management of Bright SHS condemns act of violence GNA WASSCE: GES dismisses 14 students; interdicts three teachers for indiscipline GNA Parliament approves GH¢11.9 billion for government to meet public expenditure

Fogo: Segunda fase de reabilitação do Complexo Educativo Eduardo Gomes Miranda inaugurada na sexta-feira


  16 Janvier      3        Innovation (2473),

   

Praia 16 Jan (Inforpress) – A segunda fase de reabilitação do Complexo Educativo Eduardo Miranda (escola secundaria de Cova Figueira), co-financiada pela Embaixada da República Popular da China e Câmara Municipal de Santa Catarina, é inaugurada esta sexta-feira, 18.

O director da escola, António Gonçalves, disse a Inforpress que nesta segunda fase do financiamento da Embaixada da China foi construído um espaço administrativo, com quatro gabinetes e uma casa de banho, uma cantina escolar com cozinha, espaço para venda, refeitório e casa de banho.

O valor global das intervenções ultrapassam os três 3.200 contos, tendo a Embaixada da China em Cabo Verde disponibilizado um financiamento, no valor de dois milhões e 200 mil escudos, um segundo, para reabilitar o Complexo Educativo,  e o director deste estabelecimento de ensino na cidade de Cova Figueira que as intervenções contaram com a parceria da edilidade local, que entrou com cerca de um milhão de escudos e executou a obra.

“Todos os espaços já estão em funcionamento e serão inaugurados no dia 18 de Janeiro num acto presidido pelo presidente da câmara de Santa Catarina, Alberto Nunes, contando com a presença do presidente da Fundação Cabo-verdiana do Instituto de Acção Social e Escolar (Ficase) em representação do Ministério da Educação” disse António Gonçalves, acrescentando que, com a execução das obras, a comunidade educativa está “melhor servida” já que os alunos dispõem de uma cantina escolar “condigna” e a direcção passa a ter um melhor espaço de trabalho.

Dans la même catégorie