AIP Un comité de veille et de suivi de la cohésion sociale installé à Ouangolodougou AIP Les parents d’élèves de Daloa exhortés à s’engager contre les congés anticipés AIP Festibo 8: Adama Adepoju et Rita Légré animent la nuit du conte à Bouna AIP Remise des clés de deux blocs sanitaires réhabilités au lycée jeunes filles de Bingerville AIP Elèves et patrons des écoles privées de Daloa sensibilisés à l’adoption de l’assurance responsabilité civile scolaire AIP Noël 2020 : 250 enfants reçoivent des cadeaux du club « Les Leo » à Daloa AIP La Côte d’Ivoire réitère sa disponibilité pour la mise en œuvre effective de la ZLECAF AIP Le RHDP d’Attécoubé Rive droite remercie ses militants pour la victoire du Président Ouattara AIP Fin de formation pour 75 mécaniciens automobiles du CFP de Bondoukou AIP Communiqué du Ministère de la Santé et de l’Hygiène Publique « Point de la situation de la COVID-19 au 5/12/2020 »

João Costa Alegre é reeleito presidente do Comité Olímpico são-tomense e põe fim a crise olímpica no País


  17 Janvier      0        Sport (4125),

   

São-Tomé, 17 Jan ( STP-Press ) – João Costa Alegre foi reeleito presidente do Comité Olímpico de São Tomé e Príncipe, pondo fim a uma crise eleitoral há mais de dois anos nesta organização por aclamação consensual dos delegados olímpicos quarta-feira na Assembleia Geral testemunhado pelo primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus e pelo ministro do Desporto, Vinício de Pina.

Tendo João Costa Alegre reassumido de forma consensual a liderança da organização o seu principal adversário do cargo, Lauriano Soares contentou-se com a pasta de Secretário-Geral enquanto António de Menezes foi eleito 1º vice-presidente, Ayda Quaresma 2ª vice-presidente e Bartolomeu Costa eleito 3º vice-presidente.

Ainda na composição do Comité Executivo, destaque para Edgar Paquete eleito secretário-geral adjunto, Eleutério Fernandes para cargo de Tesoureiro enquanto Eloy Boa Morte, Adelino Neto, Isabel Silva e João Lima Neto foram eleitos membros deste principal órgão do comité olímpico são-tomense.

Na sua intervenção, o ministro são-tomense do Desporto, Vinício de Pina considerou tratar-se « de uma vitória do desporto são-tomense » para depois apelar que  » temos de trabalhar para levantarmos o desporto nacional, conquistando medalhas e elevando o nome do País em pódios internacionais ».

Já o reassumido presidente, João Costa Alegre disse que  » quero felicitar todas a federações e os dirigentes desportivos pela capacidade que tiveram de ultrapassarem mais um obstáculo como este e de pôr os interesses do desporto nacional e dos atletas em primeiro lugar ».

A crise olímpica são-tomense que se alastrava há mais de dois anos deveu-se essencialmente ao desentendimento quanto a legalidade e a legitimidade de duas anteriores assembleias gerais nas quais figuravam outros candidatos ao cargo de presidente da organização, designadamente, Guilherme Neto e Lauriano Soares, cujas pretensões caíram em fracasso como consequência de conflito com a lista de João Costa Alegre.

Fim/RN

Dans la même catégorie