Stp-Press Covid-19: São Tomé e Príncipe regista mais 1 caso positivo e total sobe de 483 para 484 APS KAOLACK : DES PRODUITS D’UNE VALEUR DE 17 MILLIONS POUR LES ÉCOLES APS REPRISE DES COURS : MÉKHÉ PRÉPARE SES ÉCOLES AVEC DES KITS DE PROTECTION GNA Christian Council welcomes opening of churches GNA Eighty boreholes to be provided for 30 communities at Bongo GNA NHC tells politicians not to be self-serving AIP COVID-19: Des pharmaciens d’Agboville offrent des kits sanitaires AIP Un élu sensibilise les chefs de communauté sur la révision de la liste électorale AIP Le RHDP de Bondoukou se mobilise pour la victoire de son candidat à l’élection présidentielle AIP Une fondation cadeaute des femmes à Aboisso

Cimeira UA: PM defende mais sensibilidade para as especificidades e vulnerabilidades dos países insulares


  11 Février      5        Sport (3220),

   

Nova Sintra, 11 Fev (Inforpress) – João Vieira, um dos fundadores da escola de futebol da localidade de Furna, afirmou que o propósito foi de ocupar o tempo livre dos jovens, com o intuito de afastá-los dos males sociais que estão a afectar a sociedade.
Em entrevista à Inforpress, João Vieira adiantou que a escola foi criada em 2018 e a iniciativa foi dele e de um outro conterrâneo.
“Esta localidade estava precisando de alguma coisa que ocupasse o tempo livre dos jovens que ficavam à mercê da sorte, nas ruas até altas horas da noite e durante os finais de semana. Daí, fizemos um encontro com um jovem da zona que nos deu o total apoio e decidimos criar esta escola”, explicou Vieira.
Após a criação desta escola, o fundador e dirigente garantiu que os jovens desta localidade passaram a ter um novo ‘hobby’ e uma nova ocupação de tempo, pois, da rua e da beira do mar, passaram a frequentar mais o polivalente.
As dificuldades são várias, mas, neste momento, a falta de material e de recursos financeiros são as que mais prevalecem.

Cimeira UA: PM defende mais sensibilidade para as especificidades e vulnerabilidades dos países insulares


  11 Février      7        Sport (3220),

   

Nova Sintra, 11 Fev (Inforpress) – João Vieira, um dos fundadores da escola de futebol da localidade de Furna, afirmou que o propósito foi de ocupar o tempo livre dos jovens, com o intuito de afastá-los dos males sociais que estão a afectar a sociedade.
Em entrevista à Inforpress, João Vieira adiantou que a escola foi criada em 2018 e a iniciativa foi dele e de um outro conterrâneo.
“Esta localidade estava precisando de alguma coisa que ocupasse o tempo livre dos jovens que ficavam à mercê da sorte, nas ruas até altas horas da noite e durante os finais de semana. Daí, fizemos um encontro com um jovem da zona que nos deu o total apoio e decidimos criar esta escola”, explicou Vieira.
Após a criação desta escola, o fundador e dirigente garantiu que os jovens desta localidade passaram a ter um novo ‘hobby’ e uma nova ocupação de tempo, pois, da rua e da beira do mar, passaram a frequentar mais o polivalente.
As dificuldades são várias, mas, neste momento, a falta de material e de recursos financeiros são as que mais prevalecem.

Dans la même catégorie