AIP Quarante jeunes retenus pour les THIMO à Duékoué AIP Un opérateur de téléphonie fait don de matériel informatique pour la réduction de la fracture numérique AIB Eliminatoires Coupe du monde U20 dames: victoire du Burkina Faso sur la Gambie (3-2) AIB 4 blessés graves dans un accident du club de D2, l’AS ECO en partance pour Dédougou AIB Kongoussi : L’association Dignus offre des kits d’hygiène aux détenus NAN Nigeria, Uganda sign MoU on insurance training, examination, research NAN Nigeria, France sign Cooperation Agreement on film production NAN Kiki Mordi, Fisayo Soyombo win 2019 Gatefield’s Journalism award ANP Niger : Le Syndicat National des Enseignants-Chercheurs et Chercheurs du Supérieur (SNECS) en grève d’un mois APS KAFFRINE : VERS UN FORUM SUR LE PLAN DE DÉSENCLAVEMENT DE LA RÉGION

Governo são-tomense requalifica cidade capital com apoio da Holanda e Banco Europeu


  14 Février      0        Economy (6505), Finance (352),

   

São-Tomé, 14 Fev. (STP-Pres ) –  O governo são-tomense procedeu quarta-feira o lançamento oficial do projecto de requalificação  e valorização  da marginal da capital de São-Tomé avaliado em cerca de 21 milhões de dólares cofinanciado pelo governo da Holanda, Banco Europeia de Investimento e o Banco Mundial.

Além da presença do ministro das Obras Públicas, Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo d’Abreu a cerimónia contou com presença de representes do Executivo da Holanda, do Banco Europeu de Investimento, do Banco Mundial e responsáveis superiores do ministério que tutela o projecto.

O projecto visa essencialmente a requalificação de toda a marginal da capital de São Tomé de aeroporto internacional à localidade de Pantufo compreendendo fundamentalmente, reabilitação, ampliação e modernização de estradas, passeios e jardins bem como a construção de novos pavimentos e algumas infraestruturas adjacentes visando a modernização da cidade .

Além da protecção de toda costa da marginal contra a erosão, através de quebra ondas com barreira contra as águas marítimas, o projecto contempla ainda outras alterações e inovações infraestruturais, sobretudo, de índole turística com a montagem de pitas específicas para circulação de peões, ciclistas, motociclistas bem como para a prática de desporto.

De acordo com as explicações do director-geral do Ambiente, Arlindo de Carvalho, se tudo correr como previsto as obras poderão ter inicio ainda no final do ano em curso logo após a fase da conclusão dos estudos de engenheira de todas as obras a serem executadas.

Fim/RN

Dans la même catégorie