GNA Trump hosts Turkish leader Erdogan at White House for bilateral talks GNA Australia fires: Firefighting chopper crashes during water-drop mission AGP Gabon : 30 agents de l’ANPI et des administrations partenaires en formation à Libreville AGP Francis Nkéa Ndzigue représente le Gabon à la 3ème édition du Forum international francophone de l’évaluation AGP Francis Nkéa Ndzigue représente le Gabon à la 3ème édition du Forum international francophone de l’évaluation ACP Le Président Félix Tshisekedi appelle à une coalition mondiale des forces pour lutter contre le terrorisme ANGOP UNITA denounces sabotage against president initiatives ACP Le ministre de l’Agriculture pour une coordination efficiente des projets agricoles par les bailleurs du secteur agricole ACP 15 millions d’euros de la France pour accompagner la gratuité de l’enseignement en RDC AGP Guinée/Santé : Vers une campagne de vaccination contre la rougeole (ANSS)

Sindicato e Associação vão organizar jornada de reflexão sobre jornalismo no dia 03 Maio


  23 Avril      1       

   

São-Tomé, 23 Abril ( STP-Press ) – O Sindicato e Associação de jornalistas são-tomense em parceira com a Secretaria de Estado para Comunicação Social vão organizar uma jornada de reflexão sobre “os desafios do jornalismo no desenvolvimento de São Tomé e Príncipe” por ocasião do dia mundial da liberdade de imprensa a assinalar-se no dia 03 de Maio, próximo, ´- Soube a STP-Press junto da comissão organizadora.

A realizar-se precisamente no dia 03 de Maio, numa sexta-feira, com a abertura a ser presidida pelo Primeiro-Ministro, Jorge Bom Jesus, o evento terá como pano a validação do código deontológico, estatuto de jornalista, estatuto e regulamento da comissão de carteira profissional dentre os temas pré-agendados, de acordo um dos membros da comissão organizadora, Juvenal Rodrigues.

Segundo Rodrigues na última reunião preparatória do evento disse que os profissionais da imprensa são-tomense vão debater ainda a questão relativa a transformação da Rádio Nacional e TVS em empresas públicas, transição para digital, a legislação para rádios comunitárias, jornalismo móvel, a sociedade civil e os media e o papel e alcance do conselho superior de imprensa.

Prevê-se ainda intercâmbio de experiência entre os profissionais seniores e os mais jovens sobre o estado da comunicação social e as melhorias que podem ser introduzidas disse Juvenal Rodrigues que falou ainda da proposta de um plano estratégico para comunicação social bem como a redefinição das linhas editorias dos órgãos no sentido de torná-los mas próximo da população.

O objetivo geral do evento é de “garantir o engajamento consciente das médias locais no processo de desenvolvimento do país, tomando com referências o programa do governo do governo, a visão 2030 para São-Tomé e Príncipe, os Objectivos de Desenvolvimento Sustentado com ênfase nos escolhidos pelo país e agenda 2063 da União Africana, lê-se num dos documentos da comissão organizadora.

Dentre os oradores, membros do painel e moderadores dos temas pré-estabelecidos pela comissão organizadora, constam os nomes de Conceição Lima (São), Teotónio de Menezes, Manuel Barros, Manuel Dendê, Frederico Umbelina, Maximino Carlos, Abel Viegas, Katya Aragão, Sebastião Pires, José Carlos Barreiro, Jair Pimental, Deodaoto Capela e Jerciley Patrick.

Fim/RN

Dans la même catégorie