AGP Six morts et 2 blessés dans deux accidents de la circulation à Essassa et à Kango APS CASAMANCE : UN LOT D’ÉQUIPEMENTS AGRICOLES REMIS AUX PAYSANS DU BLOUF APS UN ÉCRIVAIN ÉVOQUE LA CHALEUR HUMAINE DU SANDAGA DE SON ENFANCE APS COVID-19 : LES DROITS ET LA SANTÉ DES FEMMES « MIS À L’ÉPREUVE » (ENQUÊTE) ANGOP PR augura reforço da cooperação com Malawi ANGOP Covid-19: Angola sem registo de casos positivos nas últimas 24 horas MAP Souss-Massa: Les examens du Baccalauréat se poursuivent dans « d’excellentes conditions » (Responsable) AGP Dubréka-Société : 06 morts et 04 blessés sur la nationale N°3 à Gbantama. AGP Guinée/politique : Lancement du mouvement Nouvelle Génération Politique (NGP) AGP Boké/Covid19: La SMB offre des matériels médicaux à l’hôpital régional.

São Vicente: Enapor equipa portos do país com estações de vigilância marítima – “uma inovação” segundo a empresa


   

Cidade da Praia, 16 Mai (Inforpress) – A Enapor anunciou que todos os portos do País passam a estar dotados de estações de vigilância, as quais permitem a partilha de diversas informações, em tempo real, sobre a movimentação de navios a nível global.
O projecto, de acordo com informação veiculada na página oficial da Enapor – Porto de Cabo Verde, é da Marine Traffic e facilita a comunicação marítima, permitindo, entre outros, rastrear e conhecer a movimentação dos navios que operam nas águas cabo-verdianas.
Uma vez que a Enapor tem como “missão principal unir as ilhas e ligá-las ao mundo”, a empresa explica que este serviço de rastreamento de embarcações trouxe “níveis crescentes de transparência e segurança”, com “benefícios para todos”, ao permitir resultados “mais seguros e eficientes” para o sector marítimo.
A Marine Traffic é um site fundado em Novembro de 2007 e que reúne uma base de dados com informações detalhadas dos navios, entre elas a sua localização actual, dimensões, local e data de construção, arqueação bruta e o número de registo na Organização Marítima Internacional (OMI).
A Enapor – Portos de Cabo Verde foi criada em 01 de Setembro de 1982 e tem como missão garantir a prestação de serviços “eficientes e de qualidade” aos clientes dos portos de Cabo Verde, na base de infra-estruturas e equipamentos “adequados, com segurança e em respeito ao ambiente e aos requisitos técnicos mínimos estabelecidos”.
É a concessionária geral do Estado para os portos, terminais, estaleiros navais e infra-estruturas náuticas de recreio e a Autoridade Portuária de Cabo Verde, tendo a seu cargo a gestão dos nove portos do País.
AA/ZS

Dans la même catégorie