GNA Trump hosts Turkish leader Erdogan at White House for bilateral talks GNA Australia fires: Firefighting chopper crashes during water-drop mission AGP Gabon : 30 agents de l’ANPI et des administrations partenaires en formation à Libreville AGP Francis Nkéa Ndzigue représente le Gabon à la 3ème édition du Forum international francophone de l’évaluation AGP Francis Nkéa Ndzigue représente le Gabon à la 3ème édition du Forum international francophone de l’évaluation ACP Le Président Félix Tshisekedi appelle à une coalition mondiale des forces pour lutter contre le terrorisme ANGOP UNITA denounces sabotage against president initiatives ACP Le ministre de l’Agriculture pour une coordination efficiente des projets agricoles par les bailleurs du secteur agricole ACP 15 millions d’euros de la France pour accompagner la gratuité de l’enseignement en RDC AGP Guinée/Santé : Vers une campagne de vaccination contre la rougeole (ANSS)

Porto Novo: 2ª fase da estrada de penetração de Alto Mira é crucial para futuro da agricultura nesse vale – agricultores


  21 Mai      0       

   

Porto Novo, 21 Mai (Inforpress) – A segunda fase da estrada de penetração ao vale de Alto Mira, no Porto Novo, Santo Antão, é “crucial” para o futuro da agricultura nessa bacia hidrográfica, onde muitos agricultores dizem “produzir para nada”, devido ao isolamento.

O isolamento afecta, sobremaneira, os agricultores de Faial e Dominguinhas, no interior desse vale, os quais consideram “crucial” a construção da segunda fase da estrada de penetração de Alto Mira, para o futuro da agricultura nesse vale, um dos mais importantes de Santo Antão.

Os produtos, como a cenoura, repolho, batatas, tomates, são transportados através dos animais (burros e mulas) e quando chegam ao mercado já não têm qualidade”, lamenta António Duarte, um dos vários agricultores no interior de Alto Mira, que dizem “produzir para nada”.

Grande parte da produção agrícola nessas duas zonas fica perdida, precisamente, porque não há como fazer o escoamento dos produtos, segundo os agricultores, que dizem-me “muito castigados” pelo isolamento.

Elsa Dias, residente em Faial, dedica-se, também, à agricultura, mas diz que as famílias estão “a produzir sem quaisquer resultados”, devido a dificuldades no escoamento dos produtos, lembrando que o Governo tem estado a prometer estrada para o interior de Alto Mira.

A Associação dos Agricultores em Alto Mira considera, igualmente, que o problema do isolamento está a condicionar o desenvolvimento desse vale, um dos mais produtivos da ilha de Santo Antão e com enormes potencialidades não só a nível da agricultura como do turismo.

Dans la même catégorie