ACP Nord-Kivu : libération par la marine ougandaise des 34 moteurs appartenant aux pêcheurs de Kyavinyonge ACP Le train «Kambelembele» de la SNCC bloqué suite à l’inondation des eaux observée à la gare à Samba ACP Un terrain pour la construction du bureau de l’INPP /Maniema ACP Environ 237 millions d’enfants de moins de 5 ans à travers le monde ne disposent pas de certificat de naissance ACP Un nouveau cas d’Ebola à Biena au Nord-Kivu après 85 jours sans cas ACP Trois nouveaux cas confirmés d’Ebola notifiés jeudi au Nord-Est de la RDC ACP Ituri : 50.000 dollars américains débloqués par l’UNFPA pour la deuxième phase de la campagne de réparation de femmes fistuleuses ACP Lancement à Kinshasa de la formation en échographie gynécologique obstétricale ACP Fin à Mbanza-Ngungu des interventions chirurgicales gratuites des fentes labiales et palatines ACP Jeanine Mabunda, l’incarnation du visage de l’alternance, d’après Félix-Antoine Tshisekedi

Fogo: Campanha de vinificação inicia-se a partir da segunda semana de Julho – produtores


  26 Juin      0       

   

Praia, 26 Jun (Inforpress) – A campanha de vinificação 2019 inicia-se a partir da segunda semana de Julho, segundo informação adiantada pelos responsáveis das adegas das marcas Chã e Sodade.
O responsável da adega Chã e técnico na área vitícola, David Gomes Monteiro, apontou a segunda semana de Julho para o arranque da vinificação, e por isso tem agendado uma deslocação aos campos para ver o estado da produção, a maturação da uva e se a graduação de açúcar se encontra no patamar ideal para depois marcar o dia do inicio da vinificação, estando a adega “organizada e preparada” para a campanha.
Quanto à produção, este indicou que ainda não visitou as parcelas vitícolas dos produtores associados da adega Chã, o que fará ainda esta semana, e só depois fará uma previsão realística, mas pelas informações recolhidas junto de produtores, como os de Penedo Rachado, a previsão é para uma baixa na produção comparativamente ao ano de 2018.
“Há lugares em que a produção é quase nula, devido a falta de chuvas registada nos dois últimos anos consecutivos”, sublinhou.

Dans la même catégorie