APS GRÈVE DE 48H : LES TRANSPORTEURS DE LOUGA EN ORDRE DE BATAILLE MAP Burkina/coronavirus : Reprise des cours après trois mois de suspension MAP Guinée/coronavirus : 65 nouveaux cas, 3771 au total MAP Burkina/coronavirus : levée du couvre-feu à compter du mercredi MAP Burkina/coronavirus : levée du couvre-feu à compter du mercredi AIP Le RHDP appelle les nouveaux majeurs à s’enrôler pour la CNI à Tengrela AIP Les délégués de sections du RHDP de Tengrela sensibilisés sur la CNI GNA SMEs urged to use the COVID-19 alleviation fund for its purpose GNA Research Reveals health facilities in Northern Ghana not ready to manage COVID-19 GNA Powerlifting Association President is dead

Futebol/Taça Independência: Selecções chegam em voos charter para disputar jogos inter-ilhas


  2 Juillet      0        Photos (3522), Sport (3220),

   

Cidade da Praia, 02 Jul (Inforpress) – As selecções regionais chegam quarta-feira, 02, à ilha de São Nicolau em voos charter para participar nos jogos inter-ilhas que vão decorrer de o5 a 16 de Julho nos dois municípios.
Segundo o presidente da Associação Regional de Futebol de São Nicolau, Carlos Vieira, a organização solicitou à companhia Binter para fazer este serviço para além do seu voo normal e as equipas começam a chegar ainda esta semana, à ilha de São Nicolau, em dois voos charter.
Conforme explicou, na quarta-feira chega as selecções do Maio e Brava e parte da equipa de Santiago, uma vez que a outra parte já se encontra na ilha de São Nicolau.
Na quinta-feira chegam à ilha as seleções do Fogo, Sal e Boa Vista, enquanto as de São Vicente e Santo Antão, por serem de ilhas vizinhas de São Nicolau, virão de barco e chegam esta quarta-feira.
Conforme a organização, as selecções que compõem o Grupo A – São Nicolau, Santo Antão, Sal, Fogo e Brava – ficarão sediadas na Ribeira Brava e disputam a maioria dos jogos no Estádio Di Deus.
O Grupo B, composto pelas selecções de São Vicente, Boa Vista, Santiago, Diáspora (EUA) e Maio terão quartel-general no Tarrafal, uma vez que a maioria dos jogos serão ali disputados, no Estádio Orlando Rodrigues.
Relativamente a alojamento e transporte dos jogadores, a mesma fonte garantiu que já estão assegurados e que a preparação e a organização logística dos jogos estão “no bom caminho”.
“Nós queremos mostrar que apesar de poucas condições, podemos e temos condições de receber as pessoas e as equipas condignamente”, considerou Carlos Vieira.
A Taça Independência, evento desportivo também denominado de Inter-Ilhas, é realizada de três em três anos.
A ilha de São Vicente detém o título da Taça Independência, que conquistou ao vencer a congénere da Boa Vista, na final da edição de 2015, realizada na ilha do Sal.
DG/AA

Futebol/Taça Independência: Selecções chegam em voos charter para disputar jogos inter-ilhas


  2 Juillet      0        Photos (3522), Sport (3220),

   

Cidade da Praia, 02 Jul (Inforpress) – As selecções regionais chegam quarta-feira, 02, à ilha de São Nicolau em voos charter para participar nos jogos inter-ilhas que vão decorrer de o5 a 16 de Julho nos dois municípios.
Segundo o presidente da Associação Regional de Futebol de São Nicolau, Carlos Vieira, a organização solicitou à companhia Binter para fazer este serviço para além do seu voo normal e as equipas começam a chegar ainda esta semana, à ilha de São Nicolau, em dois voos charter.
Conforme explicou, na quarta-feira chega as selecções do Maio e Brava e parte da equipa de Santiago, uma vez que a outra parte já se encontra na ilha de São Nicolau.
Na quinta-feira chegam à ilha as seleções do Fogo, Sal e Boa Vista, enquanto as de São Vicente e Santo Antão, por serem de ilhas vizinhas de São Nicolau, virão de barco e chegam esta quarta-feira.
Conforme a organização, as selecções que compõem o Grupo A – São Nicolau, Santo Antão, Sal, Fogo e Brava – ficarão sediadas na Ribeira Brava e disputam a maioria dos jogos no Estádio Di Deus.
O Grupo B, composto pelas selecções de São Vicente, Boa Vista, Santiago, Diáspora (EUA) e Maio terão quartel-general no Tarrafal, uma vez que a maioria dos jogos serão ali disputados, no Estádio Orlando Rodrigues.
Relativamente a alojamento e transporte dos jogadores, a mesma fonte garantiu que já estão assegurados e que a preparação e a organização logística dos jogos estão “no bom caminho”.
“Nós queremos mostrar que apesar de poucas condições, podemos e temos condições de receber as pessoas e as equipas condignamente”, considerou Carlos Vieira.
A Taça Independência, evento desportivo também denominado de Inter-Ilhas, é realizada de três em três anos.
A ilha de São Vicente detém o título da Taça Independência, que conquistou ao vencer a congénere da Boa Vista, na final da edição de 2015, realizada na ilha do Sal.
DG/AA

Dans la même catégorie