GNA COVID-19: PFAG trains Agriculture Extension Officers, donates PPE INFORPRESS Covid-19: Tutu Sousa expõe ‘online’ quadros pintados durante confinamento INFORPRESS Integração de Cabo Verde no “top 100” do Ranking Mundial de Ecossistemas de Inovação para Startups é um “reconhecimento importante” – PM GNA COVID-19: MOFA advises Ghanaians to adhere to restrictions GNA Accra Brewery donates nose masks to Tourism Ministry GNA COMOG commends government for appointing Justice Tanko Amadu ANP L’Assemblée Nationale donne son quitus pour l’augmentation de la capacité d’approvisionnement en eau potable de la Ville de Niamey ANP Les Etats-Unis d’Amérique font don d’équipements militaires à l’armée nigérienne ANP Niamey : Affluence pour le recensement biométrique mais les consignes anti-Covid peu observées ANG é Carlos Schwarz deve ser estudado no campo literário como qualquer outro poeta”, diz Francelino Cunha

Porto Novo: Governo e município procuram engajar investidores na indústria de pozolanas


  16 Juillet      5        Politics (7817),

   

Porto Novo, 16 Jul (Inforpress) – A situação da fábrica de pozolanas, encerrada há seis anos, continua na ordem do dia dos portonovenses, que insistem na necessidade dos poderes públicos encontrarem investidores nesta indústria, de grande potencial no município do Porto Novo, Santo Antão.

Por inúmeras vezes, os munícipes têm alertado para a situação da cimenteira, desactivada, em 2013, por alegadas dificuldades financeiras, e, em resposta, a câmara municipal garante estar, em parceria com o Governo, “a fazer os possíveis” para “engajar” investidores nesta indústria, actualmente, em situação de abandono.
As pozolanas, cujas reservas andam à volta de dez milhões de toneladas, constituem “um recurso estratégico” para o desenvolvimento do concelho do Porto Novo, conforme os responsáveis locais, que prosseguem, por isso, às acções de promoção deste recurso natural, com vista a encontrar “um parceiro estratégico”.
Até esta altura, tem-se registado interesse de alguns investidores, um dos quais de nacionalidade chinesa, segundo apurou a Inforpress junto da câmara do Porto Novo, que reafirma o propósito de “trabalhar”, com o Governo, com vista a conseguir “seduzir” os investidores nesta cimenteira.

Dans la même catégorie