ANG “Evolução dos direitos humanos no país é caracterizado por avanços e recuos nos últimos tempos” ,diz Mireya Peña Guzmán ANP Retour à Niamey du chef de file de l’opposition Hama Amadou ANP La 6ème Réunion du Comité de pilotage paritaire ministérielle de l’initiative sur la gouvernance en matière de sécurité (SGI) 2019 AGP Sports-CAN 2021 : La Guinée affronte le Mali ce jeudi AGP Première Assemblée Générale à Dakar du Réseau africain de la commande publique ( RACoP) AGP Guinée-Elections : 4ème Réunion du CIP sur le processus électoral ATOP L’UNION DES HANDLERS DE L’AFRIQUE DE L’OUEST EN ASSEMBLEE GENERALE CONSTITUTIVE A LOME ATOP RENCONTRE D’ECHANGES ENTRE LES DELEGATIONS DE L’IRB ET DU DEA ET LES AUTORITES DU SECTEUR MARITIME DU TOGO : LES TRAVAUX ONT DEBOUCHE SUR DES RESOLUTIONS ET RECOMMANDATIONS ATOP PROBLEMATIQUE DE LA PRESTATION DES SERVICES PUBLICS EN AFRIQUE ET DANS LES PAYS ARABES : LES DELEGUES DE L’AFRECON EN CONCERTATION A LOME ANA Nigeria,Tanzania, Kenya youths emerge winners of nuclear technology video competition

Indefinição do projecto Campus do Mar é a maior preocupação da Uni-CV – reitora


  1 Août      0        Innovation (0),

   

A reitora da Universidade de Cabo Verde, que considerou esta quarta-feira que a instituição tem vários desafios a cumprir, disse entretanto, que a sua maior preocupação tem a ver com a indefinição do projecto do Campus do Mar.

Judite Nascimento fez essa afirmação em declarações à Inforpress quando questionada sobre os desafios da Uni-CV para os próximos anos. A reitoria que está a cumprir um segundo mandato, adiantou tu que está a implementar grandes projectos, estando neste momento, a finalizar a aprovação de instrumentos de gestão construído ao longo do ano lectivo 2018/2019.

Pretendemos avançar com a implementação de grandes projectos e programas. Estamos a prever uma grande reestruturação e o pólo de Mindelo é o que está em maior indefinição. A transferência para o novo campo vai implicar alguma reestruturação interna”, disse.
Segundo a Reitora da Uni-CV, com estas reestruturação, a universidade irá sofrer, “positivamente”, com a transferência, que será acompanhada também com as mudanças de política e programa.

Informou ainda, que neste momento , a Universidade de Cabo Verde já resolveu os problemas pendentes que tinha com a reclassificação dos docentes, estando apenas em atraso o pagamento dos retroactivos mas não por falta de dinheiro para pagar, mas por outros motivos.

Dans la même catégorie