Inforpress Amadeu Cruz participa na cerimónia comemorativa do Dia do Instituto Politécnico de Bragança em Portugal AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le préfet de Tiassalé sonne la mobilisation pour l’éradication de la lèpre AIP Côte d’Ivoire-AIP/ PAP 2020 : Kablan Duncan présente les nouvelles orientations du président Alassane Ouattara AIP Côte d’Ivoire–AIP / PAP 2020 : Gon Coulibaly salue une réduction substantielle du taux de pauvreté Inforpress Brava/Carnaval: Grupo Mocidade diz brincar o Carnaval por “gosto” e para incentivar outras zonas Inforpress Futebol/Santo Antão Norte: Santo Crucifixo regressa às vitórias no campeonato e consolida liderança AIP Côte d’Ivoire–AIP / Kablan Duncan ouvre le séminaire gouvernemental sur le Plan d’actions prioritaires (PAP) 2020 Inforpress Ministério das Finanças realiza formação para implementação da Estrutura Comum de Avaliação na Administração Pública Inforpress Museu da Resistência do Tarrafal regista aumento de número de visitantes em 2019 Inforpress Profissionais de educação participam num seminário especializado em “Literatura e Pedagogia infanto-juvenil”

Partido Popular denúncia actuação dos deputados Emanuel Barbosa e Isa Costa


  9 Décembre      3        Politics (6654),

   

Cidade da Praia, 09 Dez (Inforpress) – O vice-presidente do Partido Popular (PP), Felisberto Semedo, denunciou o que considera ser “ganância e corrupção” na feitura de uma construção em São Martinho Pequeno (concelho da Praia) e que presumivelmente envolve o deputado Emanuel Barbosa e Isa Costa.

Em declarações à imprensa, este domingo no final da habitual reunião quinzenal do partido, Felisberto Semedo solicitou a intervenção do Procurador-geral da República com a abertura de uma investigação sobre o assunto, sublinhando que, segundo os denunciantes, o deputado Emanuel Barbosa estará a amedrontar pessoas com atropelamento e outras ameaças.

“Lamentamos que por questões de princípios e ética, que deveriam pautar um deputado de nação, ele não deveria estar envolvido neste tipo de coisas, deveria acontecer a outras pessoas”, disse.

Um outro assunto debatido durante a reunião tem a ver com o Orçamento do Estado que, com destaque, conforme o vice-presidente do PP, para os comentários do primeiro-ministro de que o país está a crescer cinco vezes mais.

“Isso pode ter impacto na vida dos empresários e capitalistas deste país, mas não retrata nada na vida dos cidadãos cabo-verdianos e que tenham mais atenção no sector da segurança, saúde e outros, pois, este país esta feio quanto à morte de pessoas sem que se faça nada”, disse.

Felisberto Semedo diz que o partido esperava que o Governo alocasse mais verba para o sector da segurança para dar combate a criminalidade no país.

A reunião de hoje serviu também para que o partido fizesse uma análise sobre o ambiente de negócios que “se gaba muito”, mas que segundo instituições internacionais o país “caiu muito”.

No que respeita ao concurso Casa para Todos, apelou a “quem de direito” a ter mais atenção e respeito para com este concurso. Citando uma deputada do MpD, o responsável disse “não existe custo para levantar documento para participação no concurso, quando a Câmara está a cobrar quatro mil escudos para isso.

 

A reunião quinzenal do partido serviu, ainda, para analisar a conclusão da recolha de assinaturas para alteração da lei n.º 85/VI/2005, sobre os crimes de responsabilidade dos titulares de cargos políticos que vai agora ser validado junto da Comissão de Recenseamento.

Dans la même catégorie