APS SAINT-LOUIS : DES PARCELLES ATTRIBUÉES À DES SYNDICATS D’ENSEIGNANTS APS SAINT-LOUIS : DES PARCELLES ATTRIBUÉES À DES SYNDICATS D’ENSEIGNANTS GNA Kwahu Easter Marathon reduced 21 Kilometres GNA Winner of Kwahu Easter Marathon to pocket GHC 10,000 GNA Third edition of Kwahu Easter Marathon launched GNA Olympic hopeful Wahid out of qualifiers GNA NAB launches on line credential evaluation management system GNA Media urged to fact-check information to maintain public trust GNA Ghana to host African Youth Academy on Climate Change GNA FDA trains water producers on production and regulatory requirements

Navio Escola Sagres escala porto da Praia na sua quarta viagem de circum-navegação


  20 Janvier      2        Society (13139),

   

Cidade da Praia,20 Jan (Inforpress) – O navio-escola Sagres, de Portugal, encontra-se atracado no Porto da Praia na sua quarta viagem de circum-navegação, no quadro do programa das comemorações do V Centenário da Circum-navegação de Fernão de Magalhães” em que deve aportar 19 países.

O navio-escola, segundo o seu comandante, António Maurício Camilo, vai ligar as 12 cidades da Rede Mundial de Cidades Magalhânicas e as cidades da diáspora portuguesa, como Cidade da Praia (Cabo Verde), Rio de Janeiro  (Brasil),  Cidade do Cabo  (África do Sul),  Maputo (Moçambique),  Díli (Timor-Leste) e Honolulu e Hawaii (EUA) e chega a Cidade da Praia depois de uma segunda escala em Tenerife (Espanha).

Nesta sua missão 2020, o navio-escola Sagres, que iniciou esta viagem a 5 de Janeiro, em Lisboa, para logo de seguida aportar Espanha, donde partiu para chegar ao porto da Praia, onde fica até quarta-feira, 22, tem feito uma viagem na sua maior parte a vela, mas também a motor, “com normalidade, ventos de feição e o mar a ajudar”.

Ao longo dos 23 portos que o navio vai aportar, a tripulação vai passar a mensagem das comemorações de forma a mostrar que a viagem de Fernão de Magalhães “acabou por ajudar a perceber que planeta e o mar é um só que liga todos os continentes” e do espírito olímpico, sendo que, no Porto da Praia, o navio vai estar aberto para visitas do público e guiadas para escolas da ilha de Santiago,

Seguem-se países como Brasil, Uruguai, Argentina, África do Sul, Moçambique, Ilhas Maurícias, Singapura, Indonésia, Filipinas, China, Japão, Estados Unidos da América, Polinésia Francesa, Chile, Perú e Colômbia, para, a 10 de Janeiro de 2021, terminar a missão em Lisboa.

O capitão-de-fragata António Maurício Camilo avançou à Inforpress e à RTP – África que nesta viagem de circum-navegação o navio escola tem ainda a missão de assegurar a formação marinheira aos cadetes da Escola Naval portugeusa, de forma a completar a componente técnica e académica da sua formação com treino de mar.

Com uma guarnição fixa de 142 pessoas, segundo explicou Camilo, o navio-escola Sagres, que representa Portugal e a Marinha Portuguesa no estrangeiro, na qualidade de Embaixada Itinerante, vai estar no alto mar e marcará presença  nos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020, onde vai desempenhar o papel da Casa de Portugal, durante o período inicial dos Jogos Olímpicos, em colaboração com o Comité Olímpico Português.

Ao longo da viagem, o navio-escola Sagres vai realizar um conjunto de projectos científicos ligados ao estudo da presença de micro-plástico na água, de forma a medir a saúde da atmosfera e dos oceanos, na perspectiva de melhorar o conhecimento dos oceanos, ao mesmo tempo que vai embarcar um conjunto de militares de outras marinhas, incluindo de Cabo Verde e de jovens cientistas e investigadores de várias nacionalidades.

A participação nas Comemorações dos 500 anos da descoberta do Estreito de Magalhães, em Punta Arenas, Chile,  de 18 a 23 de Outubro, foi referenciada pelo comandante como outros dos “pontos altos” desta navegação, ao qual se segue uma náutica em companhia com o navio ESPS Juan Sebastian Elcano, durante um período da viagem.

Fernão de Magalhães é referenciado como “o mais conhecido navegador da história universal”, tendo o seu nome ligado a uma façanha inédita que foi a circum-navegação do globo terrestre, iniciada a 20 de Setembro de 1519 e concluída por Juan sebastian Elcano em 1522

Dans la même catégorie