GNA Commonwealth Games: Ghana’s men’s quartet disqualification due to technical error – GAA GNA Commonwealth Games: Ghana’s men’s quartet disqualified for flouting rules GNA Commonwealth Games: Paul Amoah breaks Ghana’s 48-year medal drought in 200m GNA We have to take the corruption fight as a personal fight – GACC alerts GNA Huawei, Ministry of Communications begin cyber security training Phase II GNA Religious and traditional leaders key to domestic tax mobilization-study GNA 2022 West Africa Development Outlook proposes increased sub-regional trade, structural transformation GNA Increase funding to social welfare, mental health institutions— INERELA+ urges government GNA Ghana’s Nuclear Power Plant will be highly regulated GNA Electricity, access road hindering commissioning of Ashanti Regional Hospital

Governo decreta fecho das escolas públicas e privadas devido a pandemia


  19 Mars      5        Politics (18317),

   

O Governo da Guiné-Bissau decidiu quarta-feira encerrar as escolas públicas, privadas, restaurantes, bares, barracas e fecho de fronteiras terrestres, marítimas e aereas com todos os países  por causa do coronavirus que abala o mundo, incluíndo os países vizinhos ,Senegal e Guiné-Conacri.
A decisão saiu da reunião do Conselho de Ministros do dia 18 de Março presidido pelo Presidente da República.
Segundo  o comunicado do Governo à que a ANG teve acesso, o Executivo ainda decidiu decretar luto nacional devido a morte do ex-Presidente da República de Transição, Manuel Serifo Nhamadjo e reservar-lhe um funeral com honras de Estado.
O colectivo governamental decidiu ainda interditar a utilização de todos os mercados a nível nacional, com excepção nas vendas dos produtos alimentícios de primeira necessidade, nomeadamente, arroz, carne e peixe.
O Governo proibiu o acesso das populações as praias, piscinas e outros locais susceptíveis de proporcionar aglomeração de pessoas, casos de mesquitas, igrejas nos seus respectivos dias de adoração.
O comunicado frisa ainda que o colectivo governamental instruiu o Secretário de Estado da Juventude e Desportos no sentido de encetar negociações com as federações desportivas do país com vista a suspensão dos campeonatos nacionais e torneios bem como encerrar as fronteiras terrestres, marítimas e aéreas com todos os países com ressalva para questões humanitárias.
“Ou seja, as evacuações médicas urgentes, abastecimentos de medicamentos, importações de bens alimentares de primeira necessidade”, refere o comunicado.
O executivo instruiu a Comissão Interministerial de Acompanhamento e Prevenção do Coronavirus no sentido de providenciar instalações, para, em caso de necessidade ,funcionarem como centros de quarentena para pessoas infectadas por Covid-19.
O comunicado do Governo informa que igualmente foi suspensa as reuniões semanais de Conselho de Ministros e que, em caso de urgência, serão realizadas  sessões especializadas, reunindo um número não superior a dez dos seus membros.
O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 200 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.200 morreram.
Das pessoas infetadas, mais de 82.500 recuperaram da doença.
O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se já por 170 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.
No início da semana Umaro Sissoco Embaló decretou “Estado de Emergência” para o país e pediu a união de todos na luta contra essa pandemia.
Oficialmente, a Guiné-Bissau ainda não declarou nenhum caso de suspeita de contaminação por coronavírus mas o medo de contrair a doença anda nos bairros da capital.
Pelo menos ao nível de Bissau, populações de diferentes bairros têm recorrido aos métodos tradicionais supersticiosos para se prevenir  da doença, tomando banho com água em que se apagou um punhado de carvão retirado de uma fogueira.

Dans la même catégorie