AIP Covid-19: La grande Chancelière fait don de kits sanitaires aux populations de Jacqueville AIP COVID-19 : Un enseignant testé positif à Bocanda conduit à Abidjan AIP COVID-19: Un million de masques de protection mis à la disposition des élèves et étudiants AIP Des convois organisés pour le retour des étudiants dans leur université AIP La jeunesse du RHDP du Moronou fait sa rentrée politique GNA Queen mother supports COVID-19 fight with PPE GNA Institute urges US Government to protect citizens GNA Groups express concern over boundary dispute between Mion and Jagbun GNA COVID19: Volta Region case count reaches 75 GNA ‘Let’s not stampede President Akufo-Addo to lift restrictions’

Covid-19/Praia: Activista social apela a “maior espírito de solidariedade” dos cabo-verdianos na ajuda aos carenciados


Cidade da Praia, 07 Mar (Inforpress) – A activista social Sabina Fortes apela a “um maior espírito de solidariedade” dos cabo-verdianos neste momento que o País se encontra em estado de emergência, devido ao covid-19.
Sabina Fortes, que é a presidente da Associação Desportiva Relâmpago, está a promover a campanha “1 kg de alimento”, destinada a angariar cestas básicas para ajudar as famílias mais carenciadas.
Em declarações à Inforpress, adiantou que desde sábado, 04, quando iniciou a campanha, a adesão das pessoas tem sido ” muito fraca”, o que, segundo ela, demonstra “falta de espírito de solidariedade”.
“Devido ao estado de emergência é difícil as pessoas saírem de casa mas está é a hora de ver que o país passa por dificuldade e se uma pessoa doar um quilo de alimento podíamos fazer a diferença”, apelou Sabina Fortes.
Neste sentido, exortou aos praienses, onde a campanha está a ser promovida,a serem mais solidários “num momento em que a união dos cabo-verdianos é o mais importante”.
A recolha dos bens de primeira necessidade, que posteriormente vai ser colocados à disposição da câmara da Praia, será feita com todas as medidas de segurança, como forma de prevenção contra o novo coronavírus.
Os alimentos podem ser também entregues directamente às famílias directamente às famílias carenciadas das localidades periféricas como Pensamento, Calabaceira, Meio de Achada ou Fundo Cobom.
Para o efeito já foi postada uma publicação na sua rede social com os contactos desta colectividade, inclusive da conta bancária do clube, consoante a opção dos interessados.
A recolha deve ser feita na sede da Associação Desportiva Relâmpago, em Palmarejo.
Numa altura em que o País encontra-se em estado de emergência nacional, por causa da prevenção a covid-19, a líder do Relâmpago pediu serenidade de todos no sentido de “ficarem em casa” e seguir as orientações governamentais de entre outros órgãos de soberania, como forma de evitar o contágio e a propagação do novo coronavírus.
Nesta sua mensagem exortou os cidadãos a colaborarem com “críticas construtivas”, baseadas na paz e no amor, afirmando mesmo que caso contrário só estará a atrapalhar o combate a esta pandemia.

Dans la même catégorie