AGP Gabon/Covid-19 : La Comilog s’investit dans la production «des gels de la vallée » MAP HCP: Les femmes surexposées au covid-19 MAP L’évaluation de la gestion de la pandémie améliorera la suite de la réponse (OMS) AGP Gabon/Economie: Retour à la mercuriale de 2015 pour les produits CEMAC AGP Gabon: Des étudiants de l’USTM, désireux se rendre à Libreville, ont pris un train en otage APS ME SIDIKI KABA DONNE 1530 MASQUES EN APPUI À LA PLATEFORME DES FEMMES APS 41 NOUVEAUX BREVETÉS DE L’ECOLE DE L’ARMÉE DE L’AIR APS UN DON DE L’ONG DIRECT AID SOCIETY POUR LA RÉGION DE DIOURBEL APS 422 CLUBS SUBVENTIONNÉS PAR LA FÉDÉRATION (OFFICIEL) APS LE MAIRE DE SANDIARA INTÈGRE L’ORGANISATION MONDIALE DES ZES

Lei que estabelece condições para aulas à distância na formação profissional deve sair em Julho – responsável


  25 Mai      6        Businesses (191), Job (176),

   

Cidade da Praia, 25 Mai (Inforpress) – A directora-geral do Emprego, Formação Profissional e Estágios Profissionais, Jaqueline Moniz, disse hoje que a lei que estabelece as condições para as aulas à distância na formação profissional deverá ficar pronta já no mês de Julho.
Jaqueline Moniz fez esta afirmação à Inforpress explicando que esta iniciativa constava do plano de actividades da direcção-geral do emprego, de criar uma regulamentação de aulas à distância que possibilitará às entidades iniciarem os trabalhos nesses termos.
Entretanto avançou que nesta fase as aulas teóricas serão permitidas às que anteriormente tinham iniciado as actividades e que perante a pandemia foram suspensas.
“Vamos dar um passo a frente, trabalhar com módulos teóricos, mas só para as acções que já tinham iniciado anteriormente, não vamos autorizar nenhuma nova acção”, atestou.
Segundo apontou, para retomar a formação profissional é preciso levar em consideração todos os cuidados necessários à prevenção visto que este sistema de ensino permite muito contacto entre os jovens e os formadores.
“A prática exige que nós tenhamos melhores e mais cuidados daí que temos que acautelar muito melhor ainda a questão do distanciamento e higienização permanente”, ajuntou.
Conforme destacou, a Direcção-Geral do Emprego, Formação Profissional e Estágios Profissionais está a preparar o retomar das acções de formação com todas as medidas de segurança que já foram acauteladas pelas autoridades sanitárias, esperando contar com a colaboração das entidades de formação profissional, tanto públicas como privadas.
“Vamos reduzir o número de jovens nas salas de formação, as entidades devem manter todas as condições higiénicas sanitárias, cumprindo com essas premissas de prevenção”, disse.
O Governo aprovou o regulamento que estabelece um conjunto de regras e procedimentos visando garantir a prevenção do contágio da pandemia do novo coronavírus em todas as instituições de formação profissional públicas e privadas do país.
Segundo o comunicado, o Governo elucidou que pretende com este regulamento garantir a prevenção da disseminação do vírus e maior segurança sanitária com a retoma do funcionamento desses estabelecimentos de ensino, previsto para próximo dia 02 de Junho.

Dans la même catégorie