APS MÉDINA BAYE : LE NOUVEAU KHALIFE RECOMMANDE LA DISCIPLINE AUX FIDÈLES APS RÉGION DE DAKAR : LA SEN’EAU INVESTIT PLUS DE 5 MILLIARDS POUR UN MEILLEUR ACCÈS À L’EAU GNA « I didn’t come to cause a mess in the music industry » – Shatta Wale GNA Stonebwoy calls for the need for musicians to join Covid-19 awareness drive AIP Côte d’Ivoire-AIP / Le lac aux caïmans de Yamoussoukro n’attire plus AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Un ancien député raconte son vécu de la fête nationale, le 7 août 1960 ACI Plus de 100.000 candidats répartis en 389 centres affrontent le Bepc AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Années indépendances : Aspro Bernard, un souvenir musical encore vif à Agboville AIP Côte d’Ivoire-AIP/International/ Les explosions à Beyrouth ont fait plus de 100 morts (Croix-Rouge) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Fête nationale 1971 ou l’année des grandes réalisations socio-économiques à Bondoukou

Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde e a UniPiaget assinam protocolo de cooperação


  3 Juillet      6        Arts & Cultures (924),

   

Cidade da Praia, 03 Jul (Inforpress) – A Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (ACACV) assinou quinta-feira um protocolo com a Universidade Jean Piaget (UniPiaget) visando o estreitamento das relações institucionais e a implementação de projectos nas áreas de formação.

Segundo o reitor da UniPiaget, Wlodzimierz Szymaniak, a assinatura desse protocolo é mais a formalização de uma parceira já existente entre as duas instituições há já muitos anos, visando a melhoria do panorama audiovisual de Cabo Verde.

“A ACACV é o nosso parceiro em várias iniciativas a nível de acção permanente de produção e espero que conjuntamente, graças a essa parceria possamos contribuir para maior presença de produtos nacionais no panorama audiovisual de Cabo Verde”, disse o reitor.

O presidente da ACACV, Mário Benvindo Cabral, explicou que esse protocolo que tem a duração de três de anos, assenta em três pilares nomeadamente o estágio, a formação e a partilha de conteúdos.

De acordo com o documento, as partes comprometem-se em criar as condições para o acolhimento de estagiários, visando qualificações académicas e profissionais, em colaborar na organização de acções de formação de curta duração, seminários, palestras e outros eventos de interesse de ambas as instituições.

O protocolo prevê ainda que as partes irão colaborar-se na realização de acções de divulgação da parceria que acordam celebrar, bem como a troca de link no website e plataformas digitais de cada entidade.

“A ACACV tendo condições para receber estagiários pôs à disposição a sua capacidade para ajudar a universidade a escoar os alunos porque sabemos que há dificuldades em colocar os alunos nos estágios”, disse Mário Benvindo Cabral.

O foco, entretanto, será colocado na questão da formação. Neste sentido o representante da associação acredita que sendo a Universidade um polo de formação com cursos de comunicação e tendo um estúdio com excelentes condições para ministrar formação de curta duração na área de audiovisual e cinema um passo “importante” será dado.

“Como sabemos não abundam cursos específicos para o audiovisual e o cinema em Cabo Verde e nós pensamos que com o estúdio que a universidade tem, com os alunos ávidos de conhecimentos e a Associação com alguns técnicos capacitados para ministrar curso de curta duração podemos melhorar a qualidade dos produtos no nosso mercado”, sustentou.

Mário Benvindo Cabral lembrou que Cabo Verde acabou de aprovar a primeira lei do cinema, com olhos postos na regulação do sector, pelo que considera que a formação e a capacitação são “fundamentais” nesses novos tempos.

“Temos muitas pessoas a fazer o cinema e o audiovisual em Cabo Verde, mas também há falta de formação. Acho que é uma oportunidade não só para os associados da ACACV, mas também para outras pessoas que estiverem interessados em fazer curso de curta duração na área”, sustentou.

MJB/ZS

Dans la même catégorie