MAP RDC: le SG de l’ONU condamne fermement l’attaque perpétrée contre la MONUSCO au Nord-Kiv, tuant un Casque bleu MAP Observation mercredi du croissant lunaire annonçant le début du mois de Chaoual (ministère) MAP Côte d’Ivoire : Face au déficit d’électricité, un programme de « rationnement » MAP Questions migratoires: M. Laftit souligne le leadership de SM le Roi qui érige le Maroc en modèle régional MAP La reconnaissance US de la marocanité du Sahara a contraint « les uns à dévoiler leurs cartes, les autres à sortir du bois » (Quid.ma) MAP M. Bourita s’entretient avec son homologue gambien INFORPRESS Porto Novo: Sebastião Monteiro ministra formação de construção de tambores de São João INFORPRESS Jako Cisco lança seu primeiro ‘single’ a solo intitulado de “terapia” INFORPRESS Santa Catarina: Bloco B do Liceu Amílcar Cabral recebe obras de reabilitação orçadas em seis mil contos INFORPRESS IGAE chama atenção para proibição da reutilização de garrafas de cerveja para engarrafar grogue

ONU encoraja medidas do Governo de combate à Covid-19


  8 Juillet      9        Politics (15124),

   

Luanda,08 de Julho (ANGOP) – O coordenador residente das Nações Unidas em Angola, Paolo Balladelli, encorajou esta quarta-feira,08, o Governo angolano a prosseguir com as acções que visam conter a propagação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Face ao aumento de casos de contaminação do vírus, o Governo angolano decretou, na terça-feira,07, novas medidas restritivas, que incluem a cerca sanitária à província de Luanda (capital do país) e ao município do Cazengo (Cuanza Norte), a vigorar a partir de quinta-feira (09).

Em declarações à imprensa, no final de uma audiência que lhe foi concedida pelo Presidente da República, João Lourenço, o alto funcionário da ONU disse que essas medidas criam condições para conter a proliferação da Covid-19 no país.

Angola regista 396 casos positivos de Covid-19, 22 mortes, 117 recuperados e 257 activos.

Paolo Balladelli, que se despediu do Chefe de Estado angolano, após nove anos de missão em Angola, sublinhou que a ONU vai continuar a trabalhar com o Governo angolano, a sociedade civil e parceiros internacionais nas acções de impacto social.

O foco é manter a segurança alimentar da população, bem como trabalhar para criar a sustentabilidade do país.

.

Actualmente, a estrutura das Nações Unidas em Angola é composta pelo gabinete do coordenador residente e 21 agências especializadas, fundos e programas, cujos representantes compõem o UNCT (Equipa das Nações Unidas no país).

Dans la même catégorie