MAP Liban : 80.000 enfants déplacés suite aux explosions de Beyrouth (ONU) MAP Zimbabwe : le nombre d’infections au coronavirus a doublé en deux semaines (ONU) MAP Covid-19: feu vert pour les festivals et les évènements culturels au Québec MAP Algérie : Effondrement de trois maisons et fissures dans une trentaine d’autres suite à un séisme à Mila APS DÉCÈS DU KHALIFE DE MÉDINA BAYE : MACKY SALL REÇOIT LES CONDOLÉANCES DE MUHAMMADU BUHARI VIA DES ÉMISSAIRES APS LA BAISSE DE LA CRIMINALITÉ S’EST POURSUIVIE EN JUILLET, SELON LA POLICE APS UN DE SES VOLONTAIRES ACCUSÉ D’ATTOUCHEMENTS SEXUELS, LA CROIX-ROUGE INVOQUE SES EFFORTS ET SON ACTION GNA Management of Bright SHS condemns act of violence GNA WASSCE: GES dismisses 14 students; interdicts three teachers for indiscipline GNA Parliament approves GH¢11.9 billion for government to meet public expenditure

Covid-19: Banco Mundial vai disponibilizar montante adicional de 25 milhões de dólares a Cabo Verde


  10 Juillet      3        Politics (9063),

   

Cidade da Praia, 10 Jul (Inforpress) – O primeiro-ministro anunciou que o Banco Mundial (BM) vai disponibilizar, ainda este mês, um montante adicional de 25 milhões de dólares acima do envelope alocado a Cabo Verde, através de um empréstimo em termos concessionais.
Na sua página nas redes sociais, Ulisses Correia e Silva, disse que esta decisão foi anunciada durante um encontro que manteve hoje, via videoconferência, com o novo vice-presidente do Banco Mundial, Ousmane Diagana, que esteve acompanhado pelo director para Cabo Verde, Nathan Belete, e vários membros da equipa sénior do BM.
Durante este encontro, em que o chefe do Governo esteve acompanhado pelo secretário de Estado para Finanças, Gilberto de Barros, o Banco Mundial felicitou o Governo pela gestão da pandemia de covid-19 e reiterou o seu engajamento em apoiar Cabo Verde a superar esta crise, com mais um empréstimo de 25 milhões de dólares.
O encontro, sublinhou, foi uma oportunidade para ambas as partes fazerem um balanço da “excelente colaboração” e abordar o futuro da cooperação.
De referir que, em Abril deste ano o BM aprovou um empréstimo de cinco milhões de dólares (aproximadamente 500 milhões de escudos) a Cabo Verde para combater a propagação da pandemia de covid-19, no âmbito do programa de emergência de 14 mil milhões de dólares para os países em desenvolvimento.
Este empréstimo, segundo o Governo, tem um período de carência de 10 anos, ou seja, o País só vai começar a pagar a partir de 2030 e o prazo de pagamento será até 2059.
Deste montante foram adquiridas cerca de 40 toneladas de material e equipamentos, no valor de três milhões de dólares (cerca de 300 mil contos) para o reforço no abastecimento de todas as estruturas de saúde, Polícia Nacional e Protecção civil, visando a prevenção do contágio e combate do novo coronavírus no arquipélago.
Na altura da chegada desses equipamentos a Cabo Verde, vindos da china, no mês de Maio, o ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, assegurou que, ainda, no quadro deste empréstimo o País vai receber, posteriormente, mais três milhões de dólares em equipamentos que virão da Europa, via Portugal.
AM/CP
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie