MAP Le défenseur international marocain Badr Banoun s’engage avec Al Ahly d’Egypte (médias) APS EMIGRATION CLANDESTINE : SEPT PERSONNES PLACÉES EN GARDE À VUE À FIMELA APS QUARANTE-TROIS NOUVEAUX CAS DE COVID-19 APS AMADOU BA ANNONCE LA PRODUCTION DE NOUVEAUX PASSEPORTS BIOMÉTRIQUES APS AGRICULTURE : MACKY SALL PROMET DE MIEUX ÉQUIPER LE MONDE RURAL AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Les producteurs de cacao veulent un prix minimum d’achat de 1200 FCFA/kg GNA “Teachers Community” innovation progressing steadily in Okere District GNA “Teachers Community” innovation progressing steadily in Okere District GNA CSIR-SARI educates farmers on improved cowpea varieties GNA Effia Nkwanta Regional Hospital gets eight-bed intensive care unit

São Vicente: Jovens organizam fórum de incentivo ao voto para diminuir abstenção


  3 Août      5        Politics (9901),

   

Mindelo, 03 Ago (Inforpress) – Um grupo de jovens de São Vicente pretende realizar no próximo mês de Outubro um fórum com mais de 120 participantes, que deverão debater o incentivo ao voto e necessidade de se diminuir a abstenção.
Conforme avançou à Inforpress Cleydir Lizardo, um dos elaboradores do projecto, o curso de Verão ministrado pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), na cidade do Mindelo, com o tema “Assuntos eleitorais e cidadania”, foi o ponto de partida para que um grupo de formandos, jovens académicos e licenciados, em diversas áreas, conseguissem identificar problemas no que diz respeito à temática em questão.
“Temos uma questão bastante importante, que é a importância do voto e a da participação na política, que ultrapassa os aspectos meramente formais que antecedem, nomeadamente, como estar recenseado, a inscrição nos cadernos eleitorais e o exercício do voto”, sustentou a mesma fonte, confirmando já terem todo um projecto para a realização do fórum, que já foi entregue e está a ser analisado pelo secretário de Estado da Juventude para financiamento.
E desta forma, dependente do financiamento, contam realizar o evento no mês de Outubro, na ilha de Santo Antão, e com a participação de cerca de 120 pessoas, desde jovens, líderes políticos, alunos e professores de liceus e universidades e instituições do Estado ligadas ao recenseamento e eleições.
“Decidimos realizar o fórum em Outubro, por ser a data em que deverá ser liberado a realização de eventos maiores”, explicou Cleydir Lizardo, acrescentando terem a ideia de usar como espaço a Aldeia Cultural Nôs Raíz, em Porto Novo, que permitirá salvaguardar o distanciamento social.
Estruturado em sessões plenárias e também em workshops, o evento, ajuntou, tem como principal objectivo diminuir a taxa de abstenção no País.
Cleydir Lizardo reiterou que levaram em conta as últimas eleições presidenciais em Cabo Verde, em que se constatou uma “elevada abstenção”, uma taxa de 63% que marcou a primeira volta das eleições presidenciais, tendo-se verificado situação em que 75% dos inscritos não compareceram às assembleias de voto.
A “maior taxa de sempre”, asseverou, desde as eleições presidenciais desde 1996, em que a taxa de abstenção rondou os 54%, elegendo António Mascarenhas Monteiro, único candidato.
A mesma fonte considerou que com este projecto pode-se colher “frutos” como de ter “jovens conscientes sobre a importância do voto e o seu impacto na vida dos indivíduos, abstenção eleitoral reduzida, qualidade na democracia e o desenvolvimento da cultura política do país”.

Dans la même catégorie