APS JOJ 2026 : 2022 SERA LE DÉBUT D’UNE SÉRIE D’ACTIONS CONCRÈTES SUR LE TERRAIN (ORGANISATEURS) ANP Niger : Bientôt une école de l’Armée de l’Air à Agadez et un centre de formation de 5000 jeunes militaires par an à Keita (Président Bazoum) GNA Minister asks illegal sand miners to stop operation or face the law ANP Ouverture de l’école militaire supérieure de Niamey : Une « nécessité lancinante »pour le Niger, selon le Président Mohamed Bazoum AGP Gabon : Les Présidents des Juridictions désormais outillés AGP Gabon : Les enjeux du Congrès international des Barreaux expliqués à Ali Bongo Ondimba ACP Le Premier ministre Sama Lukonde s’engage dans l’opération « Zéro trou à Kinshasa » ACP Organisation à Kinshasa d’une table ronde sur la mise en place d’un fonds national de réparation en faveur des victimes de violences sexuelles ACP Le Sénat vote le projet de loi autorisant la prorogation de l’état de siège au Nord-Kivu et en Ituri. AGP Gabon : Le Camp Missambo contre le report du congrès de l’Union nationale

Censo revela que de 2010 a 2021 Cabo Verde registou aumento de barracas


  9 Août      5        Human Development (188),

   

Cidade da Praia, 09 Ago (Inforpress) – Os dados preliminares do quinto Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH-2021) revelam que de 2010 a esta parte se registou um aumento em Cabo Verde do número de edifícios “não clássicos”, ou seja, barracas ou casa de bidão.

O recenseamento aponta para um aumento de mais de 85%, equivalente a quase 3000 barracas ou casas de bidão.

Segundo os registos do Instituto Nacional de Estatística (INE), a maioria das barracas está em São Vicente (7,3%), Sal (6,6%) e Boa Vista (3%), enquanto uma percentagem pequena (1,5%) na Praia”.

De acordo com os dados preliminares do RGPH-2021, apresentados sexta-feira, em conferência de imprensa, na Praia, pelo INE, o número total de edifícios em Cabo Verde aumentou 31,3% desde 2010, para os actuais 150.016.

O RGPH-2021 envolveu recolha de dados em alojamentos familiares e colectivos, hotéis, estabelecimentos turísticos, hospitais, estabelecimentos prisionais e quartéis, incluindo ainda pessoas sem-abrigo.

O resultado definitivo do presente censo está previsto para finais de Dezembro deste ano ou início de Janeiro de 2022.

O quinto Recenseamento Geral da População e Habitação, a maior operação estatística do arquipélago, ao envolver cerca de 2.000 profissionais, decorreu no terreno, com a recolha de dados totalmente em formato digital, de 16 de Junho a 07 de Julho.

Para a realização desta operação, Cabo Verde contou com apoios financeiros e técnicos do Brasil, da Cooperação Espanhola, da Cooperação Luxemburguesa, da União Europeia e do escritório conjunto do PNUD, Unicef e FNUAP.

O Recenseamento Geral da População e Habitação realiza-se de dez em dez anos, de acordo com as orientações das Nações Unidas, e visa obter dados sobre a população e aspectos sociais relevantes que sirvam de base para uma planificação do desenvolvimento mais próxima da realidade do País.

Dans la même catégorie