- FAAPA ENG - http://www.faapa.info/en -

João Lourenço homenageia embaixador Nvunda

Luanda, 13 de Novembro (ANGOP) – O Presidente da República, João Lourenço, homenageou nesta quarta-feira (13) o primeiro embaixador do reino do Kongo junto da Santa Sé, Dom António Manuel Nvunda « Negrita », depositando uma coroa de flores na sua sepultura.

Dom António Manuel Nvunda, até então emissário do reino do Kongo, chegou a Roma, na Itália, em 1608, após quatro anos de viagem a bordo de uma caravela, tendo passado pelo Brasil e Espanha.

A propósito, o vigário da Sé Catedral de Mbanza Kongo, padre Pedro Sampaio, contextualizou esse período, sublinhado que ainda não existia tráfico de escravos.

António Manuel Nvunda chegou a Roma esgotado pelos contratempos da viagem, privações e fadiga. Morreu dias depois de desembarcar na capital da Itália.

Por orientação do Papa Paulo V, os restos mortais de António Manuel Nvunda, chamado « Negrita » pelos romanos, foram sepultados na capela Xisto V, na Basílica de Santa Maria Maior.

Em seguida, o Chefe de Estado visitou os nove Museus do Vaticano, actualmente, um dos complexos museológicos mais importantes do mundo.