GNA About 21,000 pupils receive educational materials ANGOP Repatriamento de refugiados da RDC adiado sem data ACP Lancement du projet de l’USAID pour le renforcement du secteur des médias en RDC ACP L’autonomisation des populations autours de Kitshanga est une nécessité pour la paix, selon le STAREC NAN D’Tigers move 10 places up in FIBA world rankings NAN World Athletics Championships: 25 athletes to represent Nigeria NAN FIFA Ranking: Nigeria drop by one spot, now 34th ANGOP L’UGD enregistre une baisse dans l’émission des titres à 25,92 pour cent ANGOP L’Angola et les Etats-Unis vivent un bon moment dans les relations ANGOP Le PR aborde des questions d’intérêt bilatéral avec ses homologues

Ensino Superior: “Não tenhamos presente que tudo o que foi feito está mau” – administrador indigitado da ARES


  9 Octobre      21        Education (1818),

   

Cidade da Praia, 09 Out (Inforpress) – O administrador indigitado da Agência Reguladora do Ensino Superior (ARES), João Dias, disse hoje que nem tudo o que foi feito na área está mau e que, inclusive, muitas coisas foram bem-feitas nas condições possíveis.
João Dias fez estas declarações à Inforpress, à saída de uma audição prévia dos membros indigitados pelo Governo para integrarem o Conselho de Administração da ARES, pela Comissão Especializada de Educação, Cultura, Saúde, Juventude, Desporto e Questões Sociais da Assembleia Nacional.
“Não tenhamos presente que tudo o que foi feito está mau, porque há muitas coisas que foram bem-feitas nas condições possíveis”, disse João Dias, completando que, nesta altura, o Estado entendeu que chegou o momento de se instalar a agência de regulação de forma que todos saibam quais são as regras a se cingir para que o ensino superior seja de qualidade para todos.
Quanto as questões colocadas pela Comissão Especializada, o administrador indigitado explicou que as mesmas tiveram a ver, no fundo, com as que a ARES terá de intervir no ensino superior.

Dans la même catégorie