ACP La RDC renouvelle les engagements de la Charte des Nations Unies ACP Sept nouveaux cas confirmés d’Ebola dont un agent de santé notifiés vendredi au Nord-Kivu et en Ituri ACP Des éclaircissements sur la nécessité de l’introduction du 2ème vaccin contre le virus Ebola en RDC ANGOP Report du jugement de  »Zeno » dos Santos ANGOP La Commission mixte Angola/Rwanda se réunira fin 2019 ANGOP Chef de l’Etat angolais en route pour New York Map Communiqué du Cabinet royal GNA MTN begins construction of 600-bed girls’ dormitory for TAMASCO GNA Parts of Tumu–Bolga trunk road washed away by flood

Governo cria Agência de Emprego Juvenil


  19 Juillet      54        Politique (6474),

   

Bissau, 19 Jul 19 (ANG) – O Governo da Guiné-Bissau, através da Secretaria de Estado da Juventude e Desporto aprovou em Conselho de Ministros a criação da Agência de Emprego Juvenil que servirá de elo de ligação entre os jovens com o mercado de trabalho.

A informação foi avançada pelo Secretário de Estado de Juventude e Desporto Dionísio Pereira hoje em entrevista exclusiva à Agência de Noticias da Guiné (ANG.

Dionísio Pereira
“Os jovens em desemprego vão ser registados na referida Agência e durante o tempo em que estiveram desempregados, beneficiarão de formação de reforço de capacidades nas suas áreas de formação e dependendo do interesse de cada um”, explicou o Secretário de Estado de Juventude e Desporto.

O governante disse que a camada juvenil constitui cerca 60 por cento da população guineense, acrescentando por isso que vai privilegiar as suas formações e que passará pela atribuição equitativa de bolsas de estudos.

Dionísio Pereira sublinhou que já estão a trabalhar nesse sentido em colaboração com o Ministério da Educação, porque há jovens urbanos, universitários, rural e deficientes e para o efeito é preciso serem capazes de elaborar políticas públicas para atender as necessidades da juventude.

Por outro lado, disse que o governo já dispõe de uma Política Nacional de Juventude, por isso prometeu fazer de tudo para a sua implementação prática.

Instado a falar do sector desporto, Pereira afirmou que o sector depara com falta de infraestrutura e de quadros, por esta razão a Secretaria de Estado de Juventude Desporto prometeu fazer diligencia para a formação de quadros para que possam corresponder com as actuais exigências do sector.

A propósito informou que têm em carteira a transformação da actual Direcção Geral de Desportos num Instituto Nacional dos Desportos, alegando que o país precisa de uma instituição para estabelecer parcerias com outras por forma a dinamizar o sector do desporto em geral.

Dionísio Pereira sublinhou que perspectivam realizar uma Conferência Nacional sobre o estado do Desporto para que as pessoas possam apresentar as suas ideias para a melhoria do sector e consequentemente a elaboração de um Plano Nacional para o sector por um período de dez anos.

Quanto a prestação do serviço da Selecção Nacional de Futebol no último Campeonato Africano da Nações(CAN-2019),disputado no Egipto, o governante afirmou que de facto a equipa nacional precisa de melhorar o seu desempenho nas competições internacionais.

Pelo que garantiu trabalhar em colaboração com Federação Nacional de Futebol, desde logo a começar pela elaboração de um roteiro a partir do qual o governo vai assumir as suas responsabilidades em relação a Selecção Nacional de Futebol.

Quanto ao pagamento de subsídios em atraso aos jogadores da equipa nacional de futebol que tem sido um dos problemas entre a Federação de Futebol da Guiné Bissau e os atletas, disse que o governo vai continuar a honrar os seus compromissos como fez recentemente.

Dans la même catégorie