ACP Ebola : 2.927 cas avec 1.961 décès et 877 guérisons enregistrés au Nord-Est de la RDC jusqu’au 21 août ACP La production d’arachides augmentée de 32.673 tonnes entre 2010-2015 ACP Reprise du flux migratoire à la frontière de la Ruzizi entre le Rwanda et la RDC ACP Plaidoyer pour la relance des travaux de la Centrale hydroélectrique de Katende ACP Le secrétaire général de l’ONU en visite bientôt dans l’Est de la RDC ACP MCPD pour la gratuité de l’éducation de base en RDC ACP L’éducation demeure le meilleur héritage à léguer à la jeunesse, selon Emery Okundji ACP Jeanine Mabunda échange avec les caucus des députés du Sud-Kivu et Maniema sur Ebola et l’insécurité AGP Gabon : La CEEAC en possession de son nouveau siège ANGOP Basketball: Angola face Czech Republic

Ministra dos Negócios Estrangeiros pede aos cônsules uma diplomacia de mobilização de recursos


  22 Mars      17       

   

São-Tomé, 22 Mar ( STP-Press ) – A ministra são-tomense dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades, Elsa Pinto apelou quinta-feira aos  cônsules honorários à « uma maior acutilância na projecção da imagem digna » do País visando a « mobilização de recursos » com vista a « promoção do desenvolvimento » e a « revalorização das comunidades são-tomenses na diáspora ».

Elsa Pinto fez estas declarações esta manhã num encontro com os cônsules honorários numa « reflexão sobre mecanismo de articulação entre o exercício da prática diplomática e o seu entrosamento com a diplomacia virada para o desenvolvimento ».

 » O que pretendemos com concurso de Vossas Excelências é munir e dotar a nossa actividade externa de instrumentos que nos permita actuar na arena internacional, visando, a projeção de uma imagem digna do nosso País, e por intermédio disso, mobilizarmos recursos necessários para a promoção do desenvolvimento de São Tomé e Príncipe » – sublinhou Elsa Pinto no seu discurso.

 » Isto exigirá maior acutilância na gestão e na mobilização de recursos, na divulgação e na promoção das oportunidades de investimento no pais »- disse a ministra, tendo acrescentado  » que a principal estratégia da nova política externa, assenta no fomento da diplomacia económica, versus uma diplomacia preocupada com o desenvolvimento ».

Tendo citado uma política externa orientada igualmente para a revalorização das comunidades são-tomenses na diáspora, Elsa Pinto disse que  » a nossa preocupação é profunda e precisamos em conjunto preparar um conjunto de medidas concretas para valorização da acção das comunidades residentes no estrangeiro, começando pela melhoria do relacionamento entre a nossa diáspora e São Tomé e Príncipe, incentivo da cultura nacional ».

Além uma ação impulsionadora do « aumento da captação de investimento directo estrangeiro que é crucial para combater o desemprego em especial o desemprego jovem », Elsa Pinto disse que  » estamos certos de que este encontro anual com os cônsules é uma excelente oportunidade para que (in loco) possam apropriar de todas as informações necessárias para a divulgação do País ».

Fim/RN

Dans la même catégorie