ACP La RDC renouvelle les engagements de la Charte des Nations Unies ACP Sept nouveaux cas confirmés d’Ebola dont un agent de santé notifiés vendredi au Nord-Kivu et en Ituri ACP Des éclaircissements sur la nécessité de l’introduction du 2ème vaccin contre le virus Ebola en RDC ANGOP Report du jugement de  »Zeno » dos Santos ANGOP La Commission mixte Angola/Rwanda se réunira fin 2019 ANGOP Chef de l’Etat angolais en route pour New York Map Communiqué du Cabinet royal GNA MTN begins construction of 600-bed girls’ dormitory for TAMASCO GNA Parts of Tumu–Bolga trunk road washed away by flood

Santo Antão: Dois anos de seca criaram dificuldades mas Governo “não está de braços cruzados” – deputados


Cidade da Praia, 22 Abr (Inforpress) – Os deputados eleitos pelo Movimento para a Democracia (MpD, poder), em Santo Antão, consideram que “os dois anos de seca criaram dificuldades na ilha” mas garantem que o Governo “não está de braços cruzados”.
“O Governo tem prestado toda a sua solidariedade e apoio à ilha, aos criadores e aos agricultores”, garantiu o deputado Damião Medina, explicando que o Governo tem vindo a implementar “um plano de mitigação dos efeitos da seca” a nível da ilha, mas com destaque para os planaltos Norte e Leste “que são os mais exigentes” a par da freguesia de São Pedro Apóstolo.
Segundo Damião Medina, “o Governo alocou recursos consideráveis para enfrentar os efeitos negativos de mais um ano de seca”, com acções a nível da promoção do emprego, com cerca de 45 mil contos para a criação de cerca de 460 postos de trabalho em toda a ilha.
Damião Medina enumerou um rol de acções em implementação na ilha de Santo Antão, com o objectivo de criar postos de trabalho nas localidades onde a situação é considerada mais crítica, além da inauguração do projecto de bombagem de água que, em seu entender, “imprimiu muita resiliência à população do Planalto Leste”.
HF/AA

Dans la même catégorie