ANG Deputados da maioria aprovam Programa de Governo ANG Bissau acolhe seminário internacional sobre justiça restaurativa ANG Governo e PAM assinam acordo para acabar com fome no país ANG Iniciados trabalhos da 5ª revisão anual dos projectos comunitários no país APS UN EXPERT DONNE LA RECETTE POUR LE DÉVELOPPEMENT DU LEADERSHIP EN AFRIQUE ANG A Guiné-Bissau precisa de investir na formação dos seus produtores e agricultores », diz ministra de Agricultura e Florestas ANGOP FAO investe mais de USD 7 milhões para recuperação de resiliência APS UNE DÉLÉGATION DES ’’PANAFRICAINES’’ À LA 12E CONFÉRENCE DU PAP SUR LES DROITS DES FEMMES AIP Côte d’Ivoire-AIP / Caravane sur la sécurité routière : 125 casques offerts aux chauffeurs de taxis-motos et autres usagers de Béoumi APS « LE LEADERSHIP N’EST PAS UNE COMPÉTENCE MAIS PLUTÔT UNE APTITUDE’’ (EXPERTE)

Santo Antão: Projecto de recuperação e valorização do café pode ser retomado para alívio dos produtores


   

Praia, 16 Set (Inforpress) – O projecto de recuperação e valorização do café de Santo Antão, interrompido há três anos, poderá ser retomado para alívio dos produtores, que têm vindo a clamar por investimentos no sector cafeeiro nesta ilha, actualmente, em declínio.
Um técnico ligado ao projecto admitiu que as acções, que estão suspensas, desde 2016, deverão ser retomadas, “dentro de pouco tempo”, com o propósito de redinamizar e valorizar o café de Santo Antão, através da recuperação dos cafezais e mediante a formação e organização dos produtores.
A valorização do café de Santo Antão passará, igualmente, por investimentos na produção e comercialização do produto.
Os parceiros do projecto, entre os quais o Ministério da Agricultura e Ambiente, defendem, entretanto, que a iniciativa da recuperação das explorações do café, muitas quais em situação de abandono, deve partir, primeiramente, dos produtores.
A seca tem sido apontada como a principal razão que levou os produtores a abandonarem os cafezais em Santo Antão, ilha de grande potencial no sector cafeeiro, mas que caiu, ao longo dos anos, em declínio.
O projecto de recuperação e valorização do café de Santo Antão, que enquadra-se na criação da fileira do café de Cabo Verde, com o apoio da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), prevê, além da formação e organizarão dos cafeeiros, ainda a montagem de uma unidade de recepção, debulha e ensacamento.
Este projecto consiste ainda na organização dos produtores, através da criação de uma cooperativa, que se encarregará da vertente comercialização.
O produtor Francisco Silva, em Ribeira Grande, acredita que o relançamento do sector cafeeiro em Santo Antão vai depender, também, da organização dos produtores.
Existem em Santo Antão mais de 60 explorações, que se situam nos concelhos do Paul e Ribeira Grande.
O café é produzido, até agora, nesta ilha, de forma tradicional (torrado e moído em pilão) e tem chegado ao mercado nacional, sobretudo, através da cooperativa dos produtores associados em rede de economia solidária de Santo Antão.

JM/JMV

Dans la même catégorie