GNA 2019 Micro and Small-scale Enterprises stakeholders forum held, Akim Oda GNA Do not use office computers to watch porn sites – Cyber Security Commission GNA Ghana-Burkina Railway Interconnectivity Project on course GNA Hunger Project Ghana celebrates World Food Day at Kokoben GNA Mbii Wins Okyenhene Invitational Golf At Akyem Tafo GNA Album Review: Shatta Wale’s “Wonder Boy” album, a mark of greatness GNA Child marriage affecting girls’ education at Nanumba South AIP Le club Afrique développement rejoint le Trade club alliance AIP La mairie de San-Pedro offre 8000 kits scolaires AIP Une ambulance offerte au centre de santé de Gnagbodougnoa

São Vicente: 35ª edição do Festival da Baía das Gatas marcado para dias 09, 10 e 11 de Agosto


  18 Mars      104        Arts & Cultures (751), Musique (153), Photos (3793),

   

Cidade da Praia, 18 Mar (Inforpress) – A 35ª edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas realiza-se este ano, na praia do mesmo nome, a sete quilómetros da cidade do Mindelo, nos dias 09, 10 e 11 de Agosto.
O anúncio foi feito pela Câmara Municipal de São Vicente, organizadora do certame, através do site oficial da edilidade.
Sobre eventuais grupos nacionais e estrangeiros que devem abrilhantar a festa durante três dias, a Inforpress contactou a autarquia mas a resposta foi que este é o momento em que, habitualmente, se fecham os contratos com os grupos e artistas, daí “anúncio de nomes” ficar para uma outra ocasião.
No ano passado, por ocasião da 34ª edição, o palco da Baía das Gatas recebeu nomes como Dulce Pontes (Portugal), Dudu Araújo, Cremilda Medina e Ceuzany, Denis Graça, Fantan Mojah (Jamaica), UB 40 ft. Alli Campell, Astro & Mickey Virtue (Reino Unido), Claudia Leitte (Brasil) e C4 Pedro (Angola), entre outros.
O festival teve a sua primeira edição no dia 18 de Agosto de 1984, é realizado anualmente e desde aquela data apenas em 1995 não se realizou, devido a uma epidemia de cólera que assolou Cabo Verde.
Anualmente a Câmara Municipal de São Vicente, que organiza o evento, reserva uma verba de 15 mil contos no orçamento municipal para fazer face às despesas com a logística, viagens e cachês de artistas, contando também com parceiros e patrocinadores que financiam a “maior parte do bolo”.
AA/ZS

Dans la même catégorie