AGP Mamou-Justice : 42 manifestants présumés dont 06 filles jugés au TPI AGP Guinée – Justice : Des jeunes avocats en formation sur le professionnalisme AGP Sport/Handball: le president sortant reconduit pour un mandat de 4 ans AGP Pita/Tournoi de football: L’équipe de Dalaba qualifiée pour la 2ème phase GNA Donating blood does not affect one’s health – Expert GNA TMA observes World Mental Health Day GNA Mineworkers Union honours former President Rawlings GNA IGP sends high-powered delegation to console Adomfe Community GNA MoFA allays fears of food crises due to floods GNA Huawei holds first App Developers Day

UE disponibiliza 12 milhões de Euros para Programas de resiliência


  19 Juin      27        Société (13926),

   

Lubango, 19 de Junho (ANGOP) – A União Europeia disponibilizou, este mês, 12 milhões de Euros para financiar programas das Organizações da Sociedade Civil (OSC) das províncias da Huíla, Namibe e Cunene, em benefício de mais de 800 mil famílias vulneráveis, no quadro do reforço do programa de Fortalecimento da Resiliência, Segurança Alimentar e Nutricional.

Estudos do Programa de Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola (FRESAN), realizados em 2017, indicam que um milhão, 139 mil e 64 pessoas dessas províncias estão afectados pela seca, em consequência das alterações climáticas.

Estes números representam 12 por cento da população rural da Huíla, 99 por cento do Namibe e 97 por cento dos habitantes das zonas rurais do Cunene.

Em declarações nesta quarta-feira (19) à Angop, no Lubango, o coordenador-geral da Unidade de Implementação Camões (UIC), que gere os fundos, Matteo Tonini, afirmou que o dinheiro deverá ser aplicado em projectos para a redução da fome, pobreza e vulnerabilidade, através do fortalecimento sustentável da agricultura familiar, no âmbito do Programa Indicativo Nacional para a Cooperação existente entre a União Europeia e a República de Angola (2014-2020).

O responsável sublinhou que, para a província da Huíla, o projecto vai incidir-se nos municípios dos Gambos, Chicomba, Humpata, Quilengues e Jamba.

Para o Namibe, a actuação prioriza o Tômbwa, Virei, Camucuio, Moçâmedes e Bibala, enquanto no Cunene estão seleccionados os municípios do Kwanhama, Ombandja, Cuvelai, Namacunde, Cahama e Curoca.

Dans la même catégorie