- FAAPA FR - https://www.faapa.info -

Comunicação social/Fórum de Sindicato de Base dos órgãos públicos e governo assinam acordo de entendimento

Bissau, 13 Abr 21 (ANG) – O Fórum de Sindicato de Base dos Órgãos Públicos de Comunicação Social (FSBOPCS) e o governo, assinaram hoje um memorando de entendimento, através do qual o executivo se comprometeu a, até sexta-feira(16) pagar dois meses de subsídios aos profissionais de comunicação social que ainda não têm vínculo efectivo com o Estado.

Durante o acto formal de assinatura do referido memorando de entendimento, o Secretário de Estado de Comunicação Social Conco Turé, considerou de certo, sério, e para prevalecer, o acordo assinado entre as partes.

Acrescentou por outro lado que as partes desentendidas, optaram pelo caminho eficaz de diálogo, razão pela qual, as soluções foram alcançadas de imediato.

“Espero que tudo corra bem, e da nossa parte, continuaremos a trabalhar no sentido de, o mais rápido possível, cumprir com todos os pontos exigidos”, explicou Conco Turé.

Por seu turno, a Presidente do Sindicato dos Jornalistas e Técnicos da Comunicação Social (SINJOTCS), Indira Correia Baldé pediu ao Fórum dos sindicatos de base dos trabalhadores da comunicação social , para se confiarem no acordo assinado entre as partes, acrescentando que o governo é pessoa de bem.

“Segundo as orientações e o conteúdo do acordo, a Secretária de Estado da Comunicação Social, até sexta-feira, vai pagar dois meses de salário aos técnicos e profissionais dos quatro órgãos públicos de Comunicação Social nomeadamente, a Agência de Notícias da Guiné (ANG), o Jornal Nô Pintcha (JNP), a Rádio Difusão Nacional (RDN) e Televisão da Guiné-Bissau (TGB), que ainda exercem sem vínculo com o Estado”, sustentou Correia Baldé.

Segundo a sindicalista, será ainda publicada a lista dos funcionários em vias de legalização, assim como a devolução do desconto feito pelo governo aquando da greve observada em 2018 e de igual modo cumprir com a questão da taxa Audio-visual que se encontra em cobrança, realçando, por outro lado, que os funcionários precisam saber do referido dinheiro, se já se encontram nas contas dos respectivos órgãos.

Para o Porta-voz do Fórum, António Braima Sissé, o acordo foi assinado à luz de um entendimento alcançado com o patronato.

Cisse declarou que em consequência, o Fórum decidiu suspender a greve que era prevista para iniciar na quarta-feira e aguardar pelo cumprimento de acordo por parte do executivo.

Braima Sissé afirmou que, em caso de não cumprimento do acordo alcançado, o Fórum vai avançar com novo pré-aviso de greve com mais tempo de paralisação.

O Fórum de Sindicato de Base dos Órgãos Públicos de Comunicação Social (FSBOPCS), reivindica entre outros pontos, a efetivação dos jornalistas e técnicos de comunicação social que se encontra em regime de estágio, o pagamento de 13 meses meses de subsídios em atraso, e a implementação da taxa áudio visual.