APS SÉNÉGAL–POLITIQUE–DIPLOMATIE / Un universitaire explique les dessous de la diplomatie de bon voisinage prônée par Dakar APS SENEGAL-AFRIQUE-DIPLOMATIE / A Banjul, Bassirou Diomaye Faye ”sera accueilli comme il se doit”, assure un officiel gambien APS SENEGAL-SIERRALEONE-COOPERATION / Le vice-président de la Sierra Leone reçu en audience par Bassirou Diomaye Faye APS SENEGAL-AFRIQUE-SOCIETE / Dakar et Banjul invités ‘’à jouer un rôle pilote’’ dans le processus d’intégration sous-régionale APS SENEGAL-LITTERATURE / L’Harmattan Sénégal présente deux ouvrages sur le blanchiment de capitaux dans l’UEMOA, samedi APS SENEGAL-AFRIQUE-CINEMA / Un expert salue la solidarité féminine mise en avant dans certains films pour sensibiliser sur le réchauffement climatique MAP CAN de futsal (demi-finale) : Le Maroc en finale et en Coupe du monde après sa victoire face à la Libye (6-0) MAP CAN de futsal (demi-finale): Le Maroc évince la Libye (6 – 0) se qualifie pour le Mondial MAP Le ministre malien de l’Agriculture salue les progrès du Maroc en matière de gestion d’eau et de barrages MAP Océanographie: Madagascar souhaite tirer profit de l’expérience marocaine (ministre malgache)

ADAD celebra Dia Mundial das Zonas Húmidas com campanha de sensibilização em São Domingos e Pedra Badejo


  2 Février      31        Environnement/Eaux/Forêts (6451),

 

Cidade da Praia, 02Fev (Inforpress) – A Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD) vai assinalar o Dia Mundial das Zonas Húmidas com uma campanha de sensibilização em São Domingos e Pedra Badejo, no interior de Santiago.
A informação foi avançada à Inforpress, pelo membro da ADAD, Daniel Xavier, explicando que as actividades vão iniciar-se primeiramente com uma visita às escolas, para sensibilizar as crianças dessas zonas húmidas e depois segue-se uma visita às localidades Baía de Nossa Senhora da Luz, no concelho de São Domingos, e Lagoa, em Santa Cruz.
Segundo Daniel Xavier, essa actividade está inserida dentro de outros eventos ligados à questão de espaços, mas garantiu que ao longo desses anos nunca deixaram esta data passar despercebida, com a realização de actividades junto das comunidades para assinalar a efeméride.
Este membro da ADAD assegurou igualmente que esta associação tem estado a trabalhar sobretudo na sensibilização e formação para proteger as zonas húmidas, através de palestras, campanhas de informação e encontros com as comunidades.
No entanto, a mesma fonte indicou um conjunto de lugares, na ilha de Santiago, que já são declaradas como zonas húmidas, nomeadamente a zona de Lagoa, em Pedra Badejo, a barragem de Poilão e a Baía de Nossa Senhora da Luz.
Mas, segundo Daniel Xavier existem também outras zonas húmidas que estão identificadas e que podem vir a ser assinaladas, como por exemplo, as barragens com água.
“Para a ilha de Santiago temos novas zonas a surgirem, com as zonas húmidas artificiais, no que tange ao surgimento das barragens, onde temos que fazer este trabalho para a preservação ao longo das várias bacias, onde foram construídas essas barragens”, vincou.
São Vicente, Boa Vista, Maio e Santiago são as quatro ilhas de Cabo Verde que têm actualmente áreas classificadas como zonas húmidas de Importância Internacional (Sítios Ramsar).
Em Cabo Verde, essas zonas são “importantes” locais de reprodução para a tartaruga e de alimentação para as aves marinhas migratórias.
As Zonas Húmidas são superfícies aquosas, naturais ou artificiais, como barragens e diques, lagoas ou zonas de aquacultura. Essas áreas podem ter água permanente, ou temporária, estagnada ou corrente, água doce, salobra ou salgada, incluindo extensões de áreas marinhas, cuja profundidade em maré baixa não ultrapassa os seis metros.
As zonas húmidas são ricas em natureza e vitais para a vida humana e 40% das espécies de plantas e animais habitam ou se reproduzem nas zonas húmidas.
O Dia Mundial das Zonas Húmidas é celebrado anualmente a o2 de Fevereiro e este ano é comemorado sob o lema “É hora da restauração das zonas húmidas”, com intuito de aumentar a consciencialização e compreensão das pessoas sobre a importância “vital” das zonas húmidas.

Dans la même catégorie