INFORPRESS Santa Catarina: Bloco B do Liceu Amílcar Cabral recebe obras de reabilitação orçadas em seis mil contos INFORPRESS IGAE chama atenção para proibição da reutilização de garrafas de cerveja para engarrafar grogue INFORPRESS Covid-19: Escola SOS da Praia fechada após diagnósticos positivos INFORPRESS Assembleia Municipal da Praia suspensa após alegada ilegalidade na apresentação dos relatórios de conta e de actividades INFORPRESS Maio: Agricultores de Monte Vermelho “indignados” com decisão de aumentar número de beneficiários da água do furo MAP M. Bourita s’entretient avec son homologue guinéen APS LES LIONS JOUERONT CONTRE LES REQUINS BLEUS EN AMICAL APS LE JARAAF EST FIER D’AVOIR CONTRIBUÉ AU RETOUR DE LAMINE DIACK (PRÉSIDENT) MAP M. Nasser Bourita s’entretient avec son homologue bissau-guinéenne MAP Côte d’Ivoire : Face au déficit d’électricité, un programme de « rationnement »

Bailarino Djan Neguim impulsiona criação da Rede de Dança da CPLP


  21 Avril      14        Société (31874),

   

Cidade da Praia 21 Abr (Inforpress) – O bailarino e coreógrafo Djam Neguin avançou esta terça-feira que está a ser impulsionada a criação da Rede de Dança das Comunidades dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) para “fomentar sinergias, promover intercâmbios e captar recursos”.
A Rede de Dança da CPLP, que será lançada nos dias 26 e 27, no âmbito da iniciativa “Menos álcool, mais dança”, foi idealizada há dois meses por Djam Neguin e visa juntar a comunidade para discutir as questões ligadas com a dança.
Djam Neguin conta neste momento com o apoio de bailarinos de Angola, Moçambique, Brasil e Guiné-Bissau, mas a ideia é juntar todos os bailarinos, coreógrafos e investigadores de dança da CPLP.
“Vamos partilhar as nossas ideias e convidar outros membros para ver se esta rede ganhe uma dimensão, cada vez mais associativa, e possamos ter uma identidade com a qual possamos no futuro captar recursos ou tocar projectos em conjunto e promover a dança africana e a dança das nossas comunidades”, informou.
A rede, que até agora, devido às restrições impostas pela covid-19, funciona virtualmente, vai futuramente possibilitar troca de experiências através de mobilidade e dinamização de residências artísticas.
Djam Neguin advoga a necessidade de ampliar esta rede para que todos possam tirar o maior proveito e para que a dança dos países da CPLP possam ter mais visibilidade.

Dans la même catégorie